Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/6919
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010_LenildoDiasMorais.pdf1,69 MBAdobe PDFView/Open
Title: O algodão arbóreo no semiárido : o papel da pesquisa agropecuária pública no Vale do Piancó - Estado da Paraíba
Authors: Morais, Lenildo Dias de
Orientador(es):: Weiss, Joseph Sanson
Assunto:: Desenvolvimento sustentável - Paraíba (PB)
Agropecuária - regiões áridas
Algodão - cultivo
Algodão arbóreo
Issue Date: 23-Feb-2011
Citation: MORAIS, Lenildo Dias de. O algodão arbóreo no semiárido : o papel da pesquisa agropecuária pública no Vale do Piancó - Estado da Paraíba. 2010. 106 f., il. Dissertação (Mestrado Profissional em Desenvolvimento Sustentável)—Universidade de Brasília, Brasília, 2010.
Abstract: No contexto da agropecuária do semiárido e a sua estrutura fundiária restritiva, analisa-se a influência da pesquisa agropecuária pública no algodão arbóreo plantado no Nordeste do Brasil e os seus impactos nas condições socioeconômicas e ambientais. Discute as possíveis hipóteses da derrocada desta cultura no semiárido de acordo com entrevistas com agricultores familiares no Vale do Piancó, Estado da Paraíba e pesquisadores da Embrapa – Algodão. Apesar da importância que tem esta cultura para o semiárido, as políticas públicas, principalmente na área de pesquisa, desenvolvimento e inovação, ao não se preocuparem com a sustentabilidade, se revelam não adequadas à agricultura familiar. Conclui-se que, possivelmente, a Embrapa descuidou da questão social ao concentrar a pesquisa no algodoeiro herbáceo, com forte inserção no agronegócio, sem levar em conta o caráter indutivo do algodoeiro arbóreo para o desenvolvimento local sustentável do semiárido, voltando a essa orientação, só tímida e tardiamente. Os dados sobre publicações, apresentados no trabalho, comprovam esta afirmação. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
In the context of the of agriculture semi-arid of the and restrictive land tenure of Northeast Brazil, the dissertation analyzes the influence of public agricultural research on arboreal cotton and its impact on socioeconomic and environmental conditions. It discusses the possible hypotheses of the demise of this crop, according to interviews with family farmers in the Vale do Piancó, State of Paraíba and researchers at Embrapa’s Cotton Center. Despite the importance of this crop to the semi-arid region, public policies, especially in research, development and innovation, where not concerned with sustainability, nor its suitability for family farming. It concludes that Embrapa possibly overlooked the social issues when focusing research on herbaceous cotton, with a strong presence in agribusiness, without considering the inductive character of the arboreal cotton to sustainable local development of this semi-arid region, returning to this course, timidly and too late. The data on publications, presented in this work, demonstrate this assertion.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2010.
Appears in Collections:CDS - Mestrado Profissional em Desenvolvimento Sustentável: Política e Gestão de Ciência e Tecnologia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/6919/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.