Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/1078
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DISSERTACAO_2008_ElieteMarimMartins.pdf4,95 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCorrêa, Ana Laura dos Reis-
dc.contributor.authorMartins, Eliete Marim-
dc.date.accessioned2008-12-08T18:32:36Z-
dc.date.available2008-12-08T18:32:36Z-
dc.date.issued2008-12-08-
dc.date.submitted2008-05-
dc.identifier.citationMARTINS, Eliete Marim. Diário íntimo - documento da memória, criação estética: uma dupla leitura. 2008. 155 f. Dissertação (Mestrado em Literatura)-Universidade de Brasília, Brasília, 2008.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/1078-
dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, 2008.pt_BR
dc.description.abstractO presente trabalho constitui um estudo de Diário íntimo de Lima Barreto. Publicado primeiramente em 1953 pelo organizador da obra completa de Lima Barreto, o livro constitui uma reunião de notas, esboços de romances e apontamentos ideológicos que construíram a vida do escritor. Em Diário íntimo é possível observar as relações contraditórias que cercavam o Brasil do início do século XX. Entendendo a arte literária como aquela capaz de internalizar esteticamente o processo social, e, levando em consideração o fator peculiar do escritor de oscilar entre os aspectos particulares e os coletivos, tenciona-se registrar as relações entre o homem carioca Afonso Henriques de Lima Barreto e a sua obra. Como uma das verificações sobre o escritor é a de que suas obras estão repletas de dados biográficos, pretende-se analisar como esses dados se misturam e se combinam com a arte da palavra. Para quem buscou, pela literatura, cumprir uma missão direcionada ao desmascaramento dos males sociais, Diário íntimo constitui um livro merecedor de uma análise que priorize um olhar sobre as tensões entre o homem e o escritor. ________________________________________________________________________________________ ABSTRACTpt_BR
dc.description.abstractThe present work constitutes a study of Diário íntimo by Lima Barreto. It was first published in 1953 by the organizer of Lima Barreto’s complete work; this book is a reunion of notes, sketches of novels and ideas that built the life of the author. In D. I. it is possible to observe the contraditory relationship that surrounds the Brazil of the beginning of the twentieth century. Understanding the literary art as the one capable of aesthetically internalizing the social process, and, taking into consideration the writer´s peculiar factor of oscillating between private and collective aspects, there is the intention to register the relations existing between the man Afonso Henriques de Lima Barreto and his work. Once the verifications about the author and his works are full of biographic dada, the intention of this monograph is to analyze how these data mix and combine with the art of words. For whom has searched, throughout literature, to fulfill a mission directed to the revealing of social problems, Diário íntimo is a book that deserves an analyses that prioritizes a look over the tensions between the man and the writer that lies in Lima Barreto.pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleDiário íntimo : documento da memória, criação estética : uma dupla leiturapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subject.keywordDiário íntimopt_BR
dc.subject.keywordEscritores brasileirospt_BR
dc.subject.keywordLiteratura brasileirapt_BR
dc.location.countryBRApt_BR
Appears in Collections:TEL - Mestrado em Literatura (Dissertações)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/1078/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.