Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/10671
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_FundamentacaoTeoricaModelo.pdf91,27 kBAdobe PDFView/Open
Title: Fundamentação téorica do modelo matemático para previsão de escorregamentos rasos Shallow Stability
Authors: Guimarães, Renato Fontes
Fernandes, Nelson Ferreira
Gomes, Roberto Arnaldo Trancoso
Carvalho Júnior, Osmar Abílio de
Assunto:: Deslizamento (Geologia)
SHALSTAB
Taludes (geografia fisíca)
Issue Date: 2003
Publisher: Programa de Pós-Graduação em Geografia do Departamento de Geografia
Citation: GUIMARÃES, Renato Fontes et al. Fundamentação téorica do modelo matemático para previsão de escorregamentos rasos Shallow Stability. Espaço & Geografia, v. 6, n. 2, p. 133-150, 2003. Disponível em:<http://www.lsie.unb.br/espacoegeografia/index.php/espacoegeografia/article/view/31/30>. Acesso em: 05 jun. 2012.
Abstract: Em áreas tropicais, escorregamentos são fenômenos comuns principalmente durante fortes chuvas que acontecem freqüentemente no verão. No Brasil, vários escorregamentos catastróficos vêm acontecendo em diversas regiões, principalmente nas três últimas décadas, devido à ocupação humana em escarpas íngremes. Com intuito de prever as porções da paisagem susceptíveis a ocorrência desses fenômenos, o modelo SHALSTAB (Shallow Stability) foi desenvolvido combinando um modelo hidrológico com um modelo de estabilidade de encosta, a partir de modelos digitais de terreno.Isto permite determinar a razão entre a quantidade de chuva e a transmissividade necessária para desestabilização da encosta, baseada na área de contribuição,declividade, ângulo de atrito, densidade e coesão do solo. Dentro deste contexto este trabalho tem como objetivo descrever esta metodologia demonstrando os fundamentos utilizados para o desenvolvimento do modelo de predição. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
In tropical areas, landslides are common phenomena especially durin gstrong rainfall that took place frequently in the summer. In Brazil, many catastrophic and slides occurred in many regions, mainly in the three last decades, due to humano ccupation in steep slope areas. In order to predict the landscape portions susceptibleto occurrence of these phenomena the SHALSTAB model was developed combininga hydrological model with the infinite slope stability model from digital elevation model. This allow to calculate the ratio of the steady state rainfall to soil transmissivityneeded to trigger slope failure based on drainage area, local slope, bulk density, frictionangle and soil cohesion. Thus, the present work has aim to describe SHALSTAB showing the fundaments used to develop the predict model.
Licença:: Espaço & Geografia está licenciado sob uma licença Creative Commons (Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported.). Fonte: http://www.lsie.unb.br/espacoegeografia/index.php/espacoegeografia/article/view/31/30. Acesso em: 05 jun. 2012.
Appears in Collections:GEA - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/10671/statistics">



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons