Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/9695
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_CommunalValuesShaping.pdf76,6 kBAdobe PDFView/Open
Title: Communal values : shaping the way of doing business in industrial districts
Authors: Galvão, Cláudia Andreoli
Assunto:: Comunidade
Grupos sociais
Distritos industriais - Itália - Brasil
Desempenho econômico
Issue Date: 2003
Citation: GALVÃO, Cláudia Andreoli. Communal values: shaping the way of doing business in industrial districts. Espaço & Geografia, Brasília, v. 6, n. 2, p. 181-224, 2003. Disponível em: <http://www.lsie.unb.br/espacoegeografia/index.php/espacoegeografia/article/view/33/32>. Acesso em: 28 jul. 2011.
Abstract: Pertencer a um mesmo grupo induz ao estabelecimento de valores comunais compartilhados, valores esses que fortalecem as crenças do indivíduo em suas habilidades intelectuais, assim como fortalecem a existência de diversos valores morais como a confiança entre os membros da comunidade, a iniciativa, a determinação, a dedicação ao trabalho, a flexibilidade, a criatividade, a solidariedade, a reciprocidade, a capacidade organizacional, e a aceitação de riscos. Nos distritos industriais são encontrados esses valores comunais. No modelo ideal dos distritos industriais, uma empresa em particular não vê o sucesso e a sobrevivência de longo prazo em uma perspectiva de luta competitiva com suas rivais - isto porque a ênfase é no crescimento coletivo, de tal forma que o sucesso do distrito é confundido com o sucesso individual de cada empresa em particular. As relações sociais e culturais da comunidade permitem que as empresas do distrito desenvolvam economias de escala, eficiência, criatividade e especialização flexível. Nos clusters industrias do Vale do Rio Sinos e do Vale do Paranhana, na região sul do Brasil, as relações entre empresas se estabelecem a partir das relações sociais e culturais, o que leva à existência de confiança e atitudes cooperativas compartilhadas com a comunidade. Um alto grau de confiança é encontrado nesses complexos industriais calçadistas, de tal forma que ajudar os outros é uma regra de comportamento e não uma exceção, e onde a informação e a organização são compartilhadas. A coesão social é extremamente positiva para os distritos industrias, e o enraizamento social reduz os comportamentos oportunísticos existentes nos mercados convencionais. Tendo em vista as considerações aqui estabelecidas, esse artigo analisa o papel dos valores comunais como constituidores da forma das relações dos negócios nos distritos industriais. Esse artigo também analisa a questão da construção da confiança, da relação entre a mudança social e a mudança econômica, do enraizamento social, da participação comunitária e da governância. Finalmente, para enfatizar a relação entre os valores comunais e o desempenho econômico, são discutidos alguns casos de distritos industriais da Terceira Itália e do Brasil. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Communal values, arising from belonging to the same group, create a deep belief in intellectual abilities, initiative, trust, strong will, dedication to work, flexibility, creativity, solidarity, reciprocity, moral obligation, duty toward community, organisational capacity, and acceptance of risk. These supportive community values are found in industrial districts. In the ideal industrial district model, the individual firm does not see survival and success in terms of a fight with rivals - rather the emphasis is on collective growth. District success means individual success. The same social and cultural relations within communal groups enable industries to develop economies of scale, efficiency, creativity and flexible specialisation. In Sinos and Paranhana Valley, industrial clusters in Brazil, relations between enterprises are grounded in social and cultural relations, building up trust and co-operative attitudes which are shared by the community. In these manufacturing complexes, there is a high degree of trust. To help each other is the rule, not the exception, and information and organisation are shared. Social cohesion is extremely positive for industrial districts. Social embeddedness reduces the opportunistic behaviour common in ordinary markets. This paper analyses the role of communal values in shaping the way of doing business in industrial districts; trust and confidence building, the link between social and economic change, social embeddedness, and community participation and governance. Examples of industrial districts in Brazil and Italy stress the relationship between community values and economic performance.
Licença:: Espaço e Geografia - Instruções para os autores: "Os artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos autores. A reprodução das matérias é permitida, desde que seja citada a fonte". Fonte: http://www.lsie.unb.br/lsie/index.php?option=com_content&view=article&id=46&Itemid=18. Acesso em: 12 dez. 2011.
Appears in Collections:GEA - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/9695/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.