Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/7538
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2010_HenriqueAlvesFernandesSilva.pdf583,87 kBAdobe PDFView/Open
Title: Nacionalismo e ressentimento : a contribuição de Oliveira Vianna para o projeto de nação do Brasil
Authors: Silva, Henrique Alves Fernandes
Orientador(es):: Nascimento, Paulo César
Assunto:: Viana, Oliveira, 1883-1951
Nacionalismo - Brasil
Características nacionais - Brasil
Democracia - Brasil
Política social - Brasil
Issue Date: 1-May-2011
Citation: SILVA, Henrique Alves Fernandes. Nacionalismo e ressentimento: a contribuição de Oliveira Vianna para o projeto de nação do Brasil. 2010. 112 f. Dissertação (Mestrado em Ciência Política)-Universidade de Brasília, Brasília, 2010.
Abstract: O pensamento político e social de Oliveira Vianna preconiza a necessidade de uma identidade nacional capaz solucionar o “estado letárgico e ganglionar” da sociedade brasileira, que impede o desenvolvimento social e econômico do país. Para tanto, em seus trabalhos podem ser verificadas tentativas de construção de um projeto de nação com foco no autoritarismo de Estado, por considerar a sociedade incapaz para lidar com a democracia. O objetivo desta dissertação é compreender as características do projeto de nação para o Brasil proposto por Oliveira Vianna à luz da teoria do nacionalismo desenvolvida por Liah Greenfeld. Greenfeld argumenta que o nacionalismo é fenômeno político que é fortalecido a partir das percepções que uma nação possui em relação a outra. Essas percepções favorecem o surgimento de ressentimento por evidenciarem desigualdades políticas, econômicas e sociais que não são, ou não podem ser superadas. O ressentimento, que configura o campo de estudos aparentemente alheio à Ciência Política, é, para Maria Rita Kehl, fundamental na compreensão das promessas da democracia não plenamente realizadas e, por isso, se constitui em tema “tão atravessado pelo campo da política” (KEHL, 2007, p. 19). Para realizar o estudo acerca do ressentimento, esta dissertação recorre à bibliografia acerca da filosofia do ressentimento; expõe o estudo de Maria Stella Bresciani que associa o ressentimento às incessantes buscas pela construção da identidade nacional brasileira; e constrói uma argumentação que considera as insuficiências do modelo teórico de Greenfeld. Esta dissertação concluiu que o projeto de nação de Vianna é ressentido por ser uma proposta de construção da identidade nacional que nega a nação brasileira tal como se apresenta para propor uma outra, com bases autoritárias e corporativistas, ao mesmo tempo em que vitimiza a sociedade brasileira ao considerá-la incapaz para a ação política democrática. _____________________________________________________________________________ ABSTRACT
Oliveira Vianna´s political and social thought claim for the necessity of a national identity capable of solving Brazilian society´s ganglion and lethargic condition, which prevent the social and economic development. Thus, in his works there are intents to build a nation project based on State authoritarianism, since he considers the society unable to deal with democracy. The purpose of this paper is to understand the Brazil´s nation project characteristics proposed by Oliveira Vianna based on the nationalism theory developed by Liah Greenfeld. Greenfeld argues that nationalism is a phenomenon strengthened from the perceptions that one nation have to one another. This insights enable the emergence of resentment because show social, political and economic inequalities that are not overcame. The resentment, which configures the study area apparently unfamiliar to Political Science, is, to Maria Rita Kehl, important to understand democracy promises that were not implemented and, therefore, constitutes a topic “so crossed by political area” (KEHL, 2007, p. 19). To accomplish the resentment study, this paper invoke the discussions about resentment philosophy; expose Maria Stella Bresciani work that associate resentment to incessant looking for constructions of Brazilian national identity; and build an argument that consider Greenfeld theoretical model insufficient. This paper concludes that Vianna´s nation project is resentful because is a propose to build a national identity that denies the Brazilian nation in order to substitute to another one, based in authoritarian and corporativist ways, at the same time that victimizes the Brazilian society because consider it unable to democratic political action.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciência Política, Programa de Pós-Graduação, 2010.
Appears in Collections:IPOL - Mestrado em Ciência Política (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/7538/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.