Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/645
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_TransferenciaInformacaoTransferenciaTecnologia.pdf232,06 kBAdobe PDFView/Open
Title: Transferência de informação e transferência de tecnologia no modelo de Comunicação Extensiva : a Babel.com
Authors: Miranda, Antonio
Simeão, Elmira
Assunto:: Transferência da informação
Tecnologia da informação
Issue Date: 2004
Citation: MIRANDA, Antonio; SIMEÃO, Elmira. Transferência de informação e transferência de tecnologia no modelo de Comunicação Extensiva: a Babel.com. Información, Cultura y Sociedad, Buenos Aires, n.10, p. 27-40, 2004.
Abstract: O desenvolvimento das técnicas de comunicação deu aos indivíduos oportunidades e novos ambientes para apreensão de conteúdos modificando as formas de controle da informação. Os computadores e suas ferramentas viabilizam a automatização das técnicas de comunicação científica contemporânea. Durante os séculos XIX e XX, a ciência desenvolveu-se mediante centros de “processamentos de dados codificados”, organizados em regras formais que garantiram o acesso a um conteúdo impresso e elaborado principalmente para suportes materiais, mas abrimos um novo século com técnicas e perspectivas diferentes, baseadas em um modelo de comunicação de natureza extensiva. A dinâmica da transferência da informação atual se cristaliza no momento imediato do acesso porque, no modelo extensivo, os objetivos são a democracia e a expansão informacional (por extensão, sua universalização). Infere-se daí um princípio entrópico natural que não admite apenas um ordenamento, mas principalmente a dispersão e uso universais da informação. Há, paralelamente, a expectativa pela redução de custos, já que os estoques fogem de sua materialidade e se configuram em idéias e interações virtuais. A visão propiciada pela Teoria dos Sistemas é inspiradora do modelo orgânico e extensivo, pois na prática informacional, que desassocia as instituições de seus estoques, cada agente (ou indivíduo) desempenha um papel coletivo, dependente de uma ação sistêmica. Problemas de dispersão, repetição, diversidade e até a multiplicidade de dados e códigos prejudicam a comunicação, sob o ponto de vista individual ou institucional, mas a transição para o modelo extensivo demonstra que haverá uma linguagem que se sobreporá aos métodos convencionais, pois a tecnologia é uma das entidades que determinam a mudança de códigos na comunicação. __________________________________________________________________________________ ABSTRACT
The automation of the communication techniques gives relevance to extensive communication where the focus is not only the information storage but also the dispersion and universal use of the information. The vision propitiated by the theory of systems reveals the extensive model and different information practices where the institutions and individuals develop a collective role, dependent on a policy of information transfer. The information systems, in consequence, act in a production line, has to control and appraise policies, objectives and goals possible by formal and informal structures mediation for the treatment and dissemination of the contents. In a traditional scientific communication model, that privileges the information storage, bookstores, publishers and traditional libraries are the principal mediators in the production, storage and dissemination of documents. In opposition, the extensive communication is a dynamic.
Appears in Collections:FCI - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/645/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.