Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/4688
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2009_StellaCristinaMoraesPereira.pdf1,55 MBAdobe PDFView/Open
Title: Avaliação, com base em modelo lógico, de efeitos de um treinamento estratégico no desempenho de egressos e da organização
Authors: Pereira, Stella Cristina Moraes
Orientador(es):: Abbad, Gardênia da Silva
Assunto:: Avaliação de treinamento
Pessoal - treinamento
Organizações - aprendizagem
Issue Date: 18-May-2010
Citation: PEREIRA, Stella Cristina Moraes. Avaliação, com base em modelo lógico, de efeitos de um treinamento estratégico no desempenho de egressos e da organização. 2009. 193 f., il. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009.
Abstract: Estudos acadêmicos têm apresentado crescentes avanços para elucidar variáveis preditoras de resultados de ações educacionais nas organizações, em especial resultados relativos a reações, aprendizagem e comportamento no cargo. Novas pesquisas são necessárias para dar continuidade ao desenvolvimento desse campo de estudos e para justificar altos investimentos organizacionais em ações de capacitação. Esta dissertação tem o objetivo principal de avaliar o impacto de um treinamento estratégico no desempenho individual, identificando variáveis preditoras desse resultado e sua relação com efeitos na organização. Trata-se de um estudo correlacional, com abordagens qualitativa e quantitativa e técnicas diversificadas de coleta de dados primários e secundários. Encontra-se organizado em três etapas: (1) revisão do modelo lógico desenvolvido por Meneses (2007b), relativo ao treinamento sobre desenvolvimento regional sustentável (DRS) oferecido pelo Banco do Brasil; (2) revalidação de escala de medida de motivação para transferir e construção e validação de escalas de medida de transferência de treinamento, suporte à transferência e suporte organizacional; (3) teste de dois modelos de investigação elaborados a partir do modelo lógico, para investigar preditores de transferência de treinamento para o trabalho e de mudança organizacional, relacionada ao número de planos de negócios implementados por agência bancária. Para validação estatística das escalas de medida, as respostas de 2213 gestores de agências às escalas foram submetidas a análises fatoriais, que revelaram bons índices psicométricos. Com o propósito de testar os modelos de investigação, os fatores das escalas juntamente com outras variáveis obtidas em bases de dados secundários foram submetidos a análises de regressão múltipla padrão e hierárquica. Motivação para transferir, suporte externo, suporte social e técnico e a percepção dos gerentes sobre práticas de gestão de desempenho adotadas pela empresa revelaram-se importantes preditores de transferência do treinamento. Essas variáveis explicaram uma porção significativa (62%) da variávelcritério. Após controlar o efeito de variáveis relativas ao contexto interno e externo às agências bancárias, a transferência do treinamento revelou efeito menos expressivo sobre o número de planos de negócios implementados por agência. Os resultados corroboram estudos nacionais no que se refere à importância explicativa de variáveis contextuais e acrescentam novas evidências. Destacam-se como contribuições desta pesquisa para a compreensão do fenômeno estudado e para futuras práticas de avaliação: a utilização de modelo lógico para direcionar avaliação de treinamento, a detecção de novas dimensões de suporte à transferência, bem como o estabelecimento de poder preditivo de transferência de treinamento sobre um indicador de mudança organizacional. Por fim, são apontadas limitações do estudo e outras implicações teóricas, metodológicas e práticas dos achados. _________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Academic studies have presented progress on elucidating variables potentially able to predict outcomes of educational actions in organizations, in particular outcomes concerning reactions, learning and performance at work. Further studies are necessary to continue the development of the training evaluation field and justify the high organizational investment in educational activities. This dissertation has the main purpose of assessing the impact of strategic training on individual performance, identifying predictive variables of this result and also its relationship with organizational changes. This is a correlational study, involving qualitative and quantitative approaches and different techniques to collect primary and secondary data. The research is organized in three steps: (1) reviewing the logical model developed by Meneses (2007b) in relation to training on sustainable local development (SLD) provided by Bank of Brazil (2) revalidating the measuring scale of motivation to transfer and constructing and validating measuring scales of training transfer, training transfer support and organizational support and (3) testing two investigative models based on logical model. The models intend to determine predictive variables of training transfer to work and organizational change, particularly in relation to the number of implemented business plans by bank branches. For statistical validation of measuring scales, the responses of 2.213 branch managers to the scales were submitted for factorial analysis, and they revealed good psychometric rates. To test the investigative models, scales’ factors and other variables obtained in secondary databases were subjected to analysis of standard and hierarchical multiple regressions. Motivation to transfer, external support, social and technical support, and participants’ perceptions of performance management practices adopted by the company revealed themselves important predictors of training transfer. These variables were able to explain a significant portion (62%) of the dependent variable. After controlling for the effect of some variables related to the internal and external context of bank branches, the training transfer revealed less substantial effect on the amount of implemented business plans by bank branches. The results corroborate national studies regarding the importance of explanatory contextual variables, and they also add new evidences. The present study highlights as contributions of the research for understanding of the studied phenomenon and for future evaluation practices: the use of logic model as a guide to training evaluation, the detection of new support dimensions and the predictive power of training transfer over organizational change. Finally, limitations of the research and other theoretical, methodological and practical implications of these findings are discussed.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Social e do Trabalho, Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações, 2009.
Appears in Collections:PSTO - Mestrado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/4688/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.