Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/45038
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2022_CesarEduardoLeite.pdf2,74 MBAdobe PDFView/Open
Title: O transporte urbano de cargas e a qualidade de vida da população : um estudo no Plano Piloto de Brasília
Other Titles: Urban freight transport on the residents’ quality of life : a study in Plano Piloto de Brasília
Authors: Leite, Cesar Eduardo
metadata.dc.contributor.email: cesareleite@gmail.com
Orientador(es):: Granemann, Sérgio Ronaldo
Assunto:: Transporte urbano de carga
Infraestrutura de transporte
Infraestrutura urbana
Qualidade de vida
Modelagem de equações estruturais
Issue Date: 13-Oct-2022
Citation: LEITE, Cesar Eduardo. O transporte urbano de cargas e a qualidade de vida da população: um estudo no Plano Piloto de Brasília. 2022. xii, 85 f., il. Tese (Doutorado em Transportes) — Universidade de Brasília, Brasília, 2022.
Abstract: O Transporte Urbano de Cargas (TUC) é responsável pela movimentação de mercadorias nas áreas urbanas para atender às necessidades dos cidadãos, sendo essencial para o desenvolvimento econômico. No entanto, o TUC contribui para a geração de impactos adversos à sociedade e ao meio ambiente, como congestionamentos e poluição. Já que o TUC é, simultaneamente, um dos responsáveis por manter o estilo de vida urbano e gerar externalidades negativas que impactam a vida dos moradores, esta pesquisa avalia como a infraestrutura urbana e as externalidades negativas geradas pelo TUC influenciam a qualidade de vida dos moradores das cidades. É assumido que a infraestrutura urbana é de responsabilidade dos gestores públicos e influenciada pelo empresariado; as externalidades negativas são decorrentes das operações de TUC e influenciadas pelas ações do governo. Por fim, a infraestrutura e as externalidades influenciam na qualidade de vida dos moradores. A pesquisa é realizada em Brasília, no Brasil, uma cidade planejada com problemas de tráfego intenso, ruído, poluição do ar e congestionamento. Foi elaborado um questionário com 22 questões para avaliar se as externalidades negativas geradas pelo TUC e infraestrutura urbana influenciam na percepção da qualidade de vida da população. O questionário fornece dados para validar sete hipóteses elaboradas para esta pesquisa, apresentado via web para os moradores do Plano Piloto de Brasília. Foram obtidas 403 respostas válidas, que tiveram seus dados analisados por Modelagem de Equações Estruturais (MEE), com a abordagem Partial Least Squares (PLSSEM). O modelo do tipo Composto Formativo é configurado com duas variáveis independentes (Gestão Pública e Gestão Privada), duas intervenientes (Infraestrutura e Externalidades) e uma dependente (Qualidade de Vida). Os resultados mostram que a qualidade de vida da população é mais influenciada pelas externalidades negativas geradas pelo TUC do que pela infraestrutura urbana, sendo a primeira negativa e a segunda positiva. Além disso, os resultados mostram uma forte influência da gestão pública e privada nas externalidades e, por outro lado, baixa influência da infraestrutura. Por fim, um roteiro indica as questões que devem ser prioritárias para melhorar a qualidade de vida do Plano Piloto de Brasília, que apontam como prioridade a capacidade das vias, o uso adequado e o número de vagas para carga e descarga.
Abstract: Urban Freight Transport (UFT) is responsible for moving goods in urban areas to meet the needs of citizens, therefore, UFT is essential for economic development. However, the UFT contributes to the generation of adverse impacts on society and the environment, such as congestion and pollution. Since the UFT is, simultaneously, one of those responsible for maintaining the urban lifestyle and generating negative externalities that impact the lives of residents, this research assesses how the urban infrastructure and the negative externalities generated by the UFT influence the quality of life of the residents. It is assumed that urban infrastructure is the responsibility of public managers and influenced by the business community; negative externalities arise from UFT operations and are influenced by government actions. Finally, infrastructure and externalities influence the quality of life of residents. The research is carried out in Brasília, Brazil, a planned city with problems of heavy traffic, noise, air pollution and congestion. A questionnaire with 22 questions was developed to assess whether the negative externalities generated by the UFT, and urban infrastructure influence the perception of the population's quality of life. The questionnaire provides data to validate seven hypotheses developed for this research, presented via the web to the residents of the Plano Piloto of Brasília. 403 valid responses were obtained, which had their data analyzed by Structural Equation Modeling (SEM), with the Partial Least Squares approach (PLS-SEM). The Training Composite model is configured with two independent variables (Public Management and Private Management), two intervening variables (Infrastructure and Externalities) and one dependent (Quality of Life). The results show that the population's quality of life is more influenced by the negative externalities generated by the UFT than by the urban infrastructure, the first being negative and the second positive. In addition, the results show a strong influence of public and private management on externalities and, on the other hand, low influence of infrastructure. Finally, a roadmap indicates the issues that should be prioritized to improve the quality of life of the Plano Piloto de Brasília, which point out as a priority the capacity of the roads, the proper use, and the number of spaces for loading and unloading.
Description: Tese (doutorado) — Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2021.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições:Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:ENC - Doutorado em Transportes Urbanos (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/45038/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.