Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/44634
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2022_KlausRamalhovonBehr.pdf1,92 MBAdobe PDFView/Open
Title: A conspiração do clima : populismo e negacionismo climático no início do governo Bolsonaro (2018 – 2020)
Authors: Behr, Klaus Ramalho von
metadata.dc.contributor.email: klausbehr@gmail.com
Orientador(es):: Toni, Fabiano
Assunto:: Populismo
Negacionismo climático
Teoria da conspiração
Bolsonaro, Jair Messias, 1955- política e governo
Issue Date: 25-Aug-2022
Citation: BEHR, Klaus Ramalho von. A conspiração do clima: populismo e negacionismo climático no início do governo Bolsonaro (2018 – 2020). 2022. 287 f., il. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Sustentável) — Universidade de Brasília, Brasília, 2022.
Abstract: O argumento principal que defendo nesta dissertação é o de que as teorias da conspiração ambiental-climáticas propagadas no início do governo Bolsonaro ajudaram a fomentar uma ideologia populista – isto é, a ideia de que há uma luta moral entre o ‘povo de bem’ contra uma ‘elite corrupta’ e de que o líder populista é o único representante legítimo deste povo porque representa seus valores morais e superiores. Para sustentar meu argumento realizo duas explorações teóricas: primeiro, sobre a ideia de que o populismo se baseia em uma lógica da teoria da conspiração; e segundo, na investigação sobre dois fatores externos (antropocentrismo e internet) e dois internos (verdade/poder e vago/difuso) que fazem da mudança climática um tema propício para o advento de teorias da conspiração. Empiricamente, analiso 36 textos (isto é, enunciados orais ou documentos escritos) que apresentam uma ideia conspiratória em relação à questão ambiental e climática de cinco atores influentes da alta cúpula do governo: Olavo de Carvalho, Filipe Martins, Eduardo Bolsonaro, Ernesto Araújo e Jair Bolsonaro. Os textos analisados foram selecionados em um recorte temporal entre o ano eleitoral e os dois primeiros anos do governo, 2018, 2019 e 2020. O procedimento metodológico se baseou em uma análise de conteúdo qualitativa com o apoio do software de análise de dados Atlas.ti. Eu concluo que há uma estrutura conspiratória geral destes 36 textos que se resume da seguinte maneira: elites globais, intelectuais, tecnocráticas e de esquerda buscam controlar as soberanias nacionais e as ações dos indivíduos por meio da instrumentalização da pauta ambiental-climática – em especial via doutrinação ideológica e da promoção de uma ameaça climática exagerada ou inexistente, ameaça esta que justificaria o controle generalizado. Duas são as mensagens morais gerais que essa estrutura conspiratória emana: (1) da desqualificação, deslegitimação e descredibilização da pauta ambiental-climática e (2) da necessidade de resistir contra os supostos ataques de cunho ambiental-climático. Diante desta luta moral, na qual as mudanças climáticas e a Amazônia estão inseridas, Bolsonaro é apresentado como líder patriótico que defende a soberania nacional e os interesses de seu povo.
Abstract: The main argument I defend in this dissertation is that the environmental-climate conspiracy theories propagated at the beginning of the Bolsonaro government helped to foster a populist ideology – that is, the idea that there is a moral struggle between the 'good people' against a 'corrupt elite' and that the populist leader is the only legitimate representative of this people because he represents their moral and superior values. To support my argument, I carry out two theoretical explorations: first, on the idea that populism is based on a conspiracy theory logic; and second, in the investigation of two external factors (anthropocentrism and internet) and two internal ones (truth/power and vague/diffuse) that make the issue of climate change particularly conducive to the advent of conspiracy theories. Empirically, I analyze 36 texts (i.e., oral statements or written documents) that present a conspiratorial idea in relation to the environmental and climate issue of five influential actors at the top of the government: Olavo de Carvalho, Filipe Martins, Eduardo Bolsonaro, Ernesto Araújo and Jair Bolsonaro. The analyzed texts were selected in a time frame between the election year and the first two years of the government, 2018, 2019 and 2020. The methodological procedure was based on a qualitative content analysis with the support of the data analysis software Atlas.ti. I conclude that there is a general conspiratorial structure of these 36 texts, which can be summarized as follows: global, intellectual, technocratic and left-wing elites seek to control national sovereignties and the actions of individuals through the instrumentalization of the environmental-climate agenda – especially by ideological indoctrination and the promotion of an exaggerated or non-existent climate threat, a threat that would justify widespread control. Two are the general moral messages that this conspiratorial structure emanates: (1) the disqualification, delegitimization and discrediting of the environmental-climate agenda and (2) the need to resist the supposed environmental-climate attacks. Faced with this moral struggle, in which climate change and the Amazon Forest are inserted, Bolsonaro is presented as a patriotic leader who defends national sovereignty and the interests of his people.
Description: Dissertação (mestrado) — Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável, Centro de Desenvolvimento Sustentável, Universidade de Brasília, 2022.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:CDS - Mestrado Acadêmico em Desenvolvimento Sustentável (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/44634/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.