Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/42902
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2021_IuriDavidIunes.pdf2,33 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorWilbert, Marcelo Driemeyer-
dc.contributor.authorIunes, Iuri David-
dc.date.accessioned2022-02-15T13:52:08Z-
dc.date.available2022-02-15T13:52:08Z-
dc.date.issued2022-02-15-
dc.date.submitted2021-11-19-
dc.identifier.citationIUNES, Iuri David. Risco do Sistema Financeiro e risco fiscal: um estudo das inter-relações para o Brasil. 2021. 122 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) — Universidade de Brasília, Brasília, 2021.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.unb.br/handle/10482/42902-
dc.descriptionDissertação (mestrado) — Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Ciências Contábeis e Atuariais, Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, 2021.pt_BR
dc.description.abstractCom a expansão mundial dos mercados financeiros, a relação entre as finanças públicas e o sistema financeiro vem ficando cada vez mais complexa e sensível. As crises financeiras têm gerado gastos fiscais cada vez maiores, estimativa do FMI sobre a crise de 2008 revelou a marca de U$13.620 bilhões e o equivalente a 8,5% do PIB da Zona do Euro até agosto de 2009. Inversamente, o risco advindo da situação fiscal também afeta o Sistema Financeiro Nacional (SFN), entre outros porque a indústria bancária é financiadora do Estado por meio da aquisição de Títulos Públicos. O objetivo do trabalho, portanto, é avaliar a relação de sentido duplo entre o risco do SFN e o risco fiscal tendo como base o Brasil. Para tanto, num sentido, avaliou-se o nível de transparência do risco do SFN sobre a gestão fiscal tendo como base o documento de Melhores Práticas de Análise e Gestão de Riscos Fiscais (FMI, 2016). Noutro sentido, foi observado se o risco-país, para efeito de requerimento de capital dos bancos, consagrado nos acordos de basileia, é considerado na ponderação de risco de crédito no cálculo do Índice de Basileia, bem como estimado seu impacto sobre esse Índice para o caso da indústria bancária brasileira no período de 07/2008 a 12/2020. Observou-se que o nível de transparência de riscos do SFN sobre a gestão fiscal carece de melhorias, como a unificação de análises em torno de documento próprio e evidenciação de itens como identificação, quantificação, probabilidade de ocorrência, construção de cenários e medidas de tratamento de risco sobre algumas das dimensões de riscos macroeconômicos, garantias e exposição ao SFN. Em sentido inverso, observou-se que não há requerimento de capital nas normas brasileiras para o risco de crédito da dívida soberana do país, bem assim que sua precificação poderia revelar necessidade de capital do sistema a partir de 2016, chegando a custar 4,3% do PIB e que o custo para se reestabelecer os níveis oficiais apresentados pelo sistema chegaria a custar 8,6% do PIB.Com isso, pretende-se ampliar o conteúdo científico sobre a relação entre os riscos do SFN e fiscal.pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleRisco do Sistema Financeiro e risco fiscal : um estudo das inter-relações para o Brasilpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subject.keywordSistema financeiro - riscopt_BR
dc.subject.keywordRisco fiscalpt_BR
dc.subject.keywordRisco-paíspt_BR
dc.subject.keywordTransparência fiscalpt_BR
dc.subject.keywordRequerimento de capitalpt_BR
dc.rights.licenseA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.pt_BR
dc.description.abstract1With the worldwide expansion of financial markets, relationship between public finance and financial system has become increasingly complex and sensitive. Financial crises have generated increasingly higher fiscal spending, the IMF's estimate of the 2008 crisis revealed mark of $13,620 billion and the equivalent of 8.5% of the Eurozone's GDP until August 2009. Conversely, the arising risk of fiscal situation also affects the National Financial System (SFN), among others because banking industry finances State through the acquisition of Public Bonds. The objective of the work, therefore, is to evaluate the two-way relationship between SFN risk and fiscal risk based on Brazil. Therefore, in a sense, SFN's risk transparency level on fiscal management was assessed based on the document nominated Analyzing and Managing Fiscal Risks—Best Practices (IMF, 2016). In another sense, it was observed whether country risk, for the purpose of capital requirement of banks, enshrined in the Basel accords, is considered in the credit risk weighting in the calculation of the Basel Minimum Capital Adequacy Ratio, as well as estimated its impact on this Ratio for Brazilian banking industry in the period from 07/2008 to 12/2020. It was observed that SFN's risk transparency level on fiscal management needs improvement, such as unification of analyzes around a specific document and disclosure of items such as identification, quantification, occurrence probability, scenarios construction and risk treatment measures on some of the dimensions like macroeconomic risks, guarantees and exposure to the SFN. On the other hand, it was observed that there is no capital requirement in Brazilian rules for credit risk on country's sovereign debt, as well as its pricing could reveal system's need for capital from 2016 onwards, costing 4.3% of GDP and that cost to reestablish the official levels presented by the system would reach 8.6% of the GDP. With this, it is intended to expand the scientific content on the relationship between the SFN and fiscal risks.pt_BR
Appears in Collections:CCA - Mestrado em Ciências Contábeis (Dissertações)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/42902/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.