Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/42794
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2021_FilipedeAndradeVazParente.pdf13,23 MBAdobe PDFView/Open
Title: Reflexões sobre etnodesenvolvimento, território, sustentabilidade e autonomia no Cerrado : vivências interculturais e uma imersão junto ao povo Tapuia do Carretão
Authors: Parente, Filipe de Andrade Vaz
metadata.dc.contributor.email: parentefilipe@hotmail.com
Orientador(es):: Sayago, Doris Aleida Villamizar
Assunto:: Etnodesenvolvimento
Território indígena
Sustentabilidade
Cerrados
Povos indígenas
Issue Date: 24-Jan-2022
Citation: PARENTE, Filipe de Andrade Vaz. Reflexões sobre etnodesenvolvimento, território, sustentabilidade e autonomia no Cerrado : vivências interculturais e uma imersão junto ao povo Tapuia do Carretão. 2021.318 f., il. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Sustentável)—Universidade de Brasília, Brasília, 2021.
Abstract: Esta tese buscou compreender como sujeitos e povos indígenas que vivem no Cerrado brasileiro se relacionam com o modelo hegemônico de desenvolvimento, e se, e de que forma, conseguem manter e exercer sua autonomia bem como perspectivas e processos específicos de etnodesenvolvimento, de maneira sustentável, em seus territórios. Também almejou entender como o Estado e a sociedade envolvente se relacionam com esses processos no transcurso histórico. Tais objetivos justificam-se pelo fato de o Cerrado ser um dos biomas mais ameaçados do planeta e ao mesmo tempo espaço de vida e de reprodução sociocultural de povos indígenas desde tempos remotos, anteriores à construção do Brasil enquanto Estado-nação. Trata-se de pesquisa qualitativa de cunho etnográfico que lançou mão de variadas estratégias, ferramentas e técnicas metodológicas, onde foi realizada uma pesquisa de campo/imersão junto povo Tapuia da Terra Indígena do Carretão, no estado de Goiás, além de eventos campo de natureza exploratória e para coleta de dados, na tentativa de elucidar de maneira aprofundada as reflexões propostas por esta tese.
Abstract: This thesis sought to understand how subjects and indigenous peoples living in the Brazilian Cerrado relate to the hegemonic model of development, and if, and how, they manage to maintain and exercise their autonomy, as well as specific perspectives and processes of ethnodevelopment, in a sustainable way, in their territories. It also aimed to understand how the State and the surrounding society relate to these processes in the course of history. Such objectives are justified by the fact that the Cerrado is one of the most threatened biomes on the planet and, at the same time, a space for life and sociocultural reproduction of indigenous peoples since remote times, prior to the construction of Brazil as a nation state. This is a qualitative research of an ethnographic nature that made use of various strategies, methodological tools and techniques, where a field/immersion research was carried out with the Tapuia people of the Carretão Indigenous Land, in the state of Goiás, in addition to field events of nature exploratory and for data collection, in an attempt to elucidate in depth the reflections proposed by this thesis.
Resumen: Esta tesis buscó comprender cómo los sujetos y pueblos indígenas que viven en el Cerrado brasileño se relacionan con el modelo hegemónico de desarrollo, y si, y cómo, logran mantener y ejercer su autonomía, así como perspectivas y procesos específicos de etnodesarrollo, en un de forma sostenible, en sus territorios. También tuvo como objetivo comprender cómo el Estado y la sociedad circundante se relacionan con estos procesos a lo largo de la historia. Tales objetivos se justifican por el hecho de que el Cerrado es uno de los biomas más amenazados del planeta y, al mismo tiempo, un espacio de vida y reproducción sociocultural de los pueblos indígenas desde tiempos remotos, anteriores a la construcción de Brasil como nación. -estado. Se trata de una investigación cualitativa de carácter etnográfico que hizo uso de diversas estrategias, herramientas metodológicas y técnicas, donde se realizó una investigación de campo / inmersión con el pueblo Tapuia de la Tierra Indígena Carretão, en el estado de Goiás, además del campo. eventos de naturaleza exploratoria y para la recolección de datos, en un intento por dilucidar en profundidad las reflexiones propuestas por esta tesis.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável, 2021.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:CDS - Doutorado em Desenvolvimento Sustentável (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/42794/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.