Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/42173
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2021_MarcosRobertoSantosPereira.pdf1,97 MBAdobe PDFView/Open
Title: A desapercebida diferença entre “elemento” e “causa material” na Metafísica de Aristóteles
Authors: Pereira, Marcos Roberto Santos
Orientador(es):: Brito, Rodrigo Pinto de
Assunto:: Aristóteles
Metafísica
elemento
causa material
Issue Date: 26-Oct-2021
Citation: PEREIRA, Marcos Roberto Santos. A desapercebida diferença entre “elemento” e “causa material” na Metafísica de Aristóteles. 2021. 84 f., il. Dissertação (Mestrado em Metafísica)—Universidade de Brasília, Brasília, 2021.
Abstract: A presente dissertação se volta para a apresentação da hipótese de que há uma falta de identificação entre os termos “elemento” e “causa material” na Metafísica de Aristóteles, bem como para o tratamento de uma das questões mais relevantes a ser respondida. Esta é: como se deve considerar a evidente identificação entre “elemento” e “causa material” na análise que Aristóteles faz dos seus predecessores no livro Alfa da Metafísica? Visto que a nossa hipótese defende justamente a diferença conceitual entre os dois termos, resolver esta questão é essencial. Para chegarmos a esta resolução seguimos a tese de Timothy J. Crowley (2013), que afirma, dentre outras coisas, que fogo, terra, água e ar, como pensados pelos naturalistas anteriores a Aristóteles, se identificam ao que o próprio Aristóteles considerou como fogo, terra, água e ar apenas por meio da homonímia. Para além do nome, os dois grupos de corpos não se classificam como sendo da mesma espécie. Aqueles postulados pelos naturalistas se referem aos corpos diretamente observáveis pelos sentidos, e, portanto, compostos. Quando se referem a fogo, querem dizer aquele de um fogão, por exemplo. Enquanto Aristóteles se refere a um fogo simples considerado como meio termo entre ser e não ser sensível. Quando, em sua análise da teoria de seus predecessores no De Generatione et Corruptione II. 3, Aristóteles afirma que fogo, terra, água e ar são corpos compostos, ele está realizando um procedimento semelhante ao que vemos na Metafísica A 3, a partir do qual é possível, erroneamente, supor uma identificação entre os conceitos de elemento e causa material.
Abstract: The present dissertation focus on the presentation of the hypothesis that there is a lack of identification between the terms "element" and "material cause" in Aristotle's Metaphysics, as well as for the treatment of a of the most relevant questions to be answered. This is: how should the evident identification between "element" and "material cause" be considered in Aristotle's analysis of his predecessors in the book Alpha of Metaphysics? Since our hypothesis precisely defends the conceptual difference between the two terms, resolving this issue is essential. To arrive at this resolution, we followed the thesis of Timothy J. Crowley (2013), who states, among other things, that fire, earth, water and air, as thought by the naturalists before Aristotle, identify with what Aristotle himself considered as fire, earth, water and air only through homonymy. Apart from the name, the two groups of bodies are not classified as being of the same species. Those postulated by naturalists refer to bodies directly observable by the senses, and therefore composed. When they refer to fire, they mean that of an oven, for example. Whereas Aristotle refers to a simple fire considered as a middle ground between being and not being sensitive. When, in his analysis of the theory of his predecessors in De Generatione et Corruptione II. 3, Aristotle claims that fire, earth, water and air are composite bodies, he is performing a similar procedure that we see at the Metaphysics A 3, from which it is possible, mistakenly, to suppose an identification between the concepts of element and material cause.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Programa de Pós-Graduação em Metafísica, 2021.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Agência financiadora: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES).
Appears in Collections:FIL - Mestrado em Metafísica (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/42173/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.