Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/39974
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_IngridMonteiroPeixotodeSouza.pdf13,71 MBAdobe PDFView/Open
Title: Identificação de eventos de chuvas extremas em Brasília-DF : estudo de caso na área urbana da Bacia do Lago Paranoá
Authors: Souza, Ingrid Monteiro Peixoto de
metadata.dc.contributor.email: ingridpeixoto1@gmail.com
Orientador(es):: Laranja, Ruth Elias de Paula
Assunto:: Precipitação (Meteorologia)
Distrito Federal (Brasil)
Bacia do Lago Paranoá (DF)
Chuvas
Lago Paranoá (DF)
Issue Date: 26-Jan-2021
Citation: SOUZA, Ingrid Monteiro Peixoto de. Identificação de eventos de chuvas extremas em Brasília-DF: estudo de caso na área urbana da Bacia do Lago Paranoá. 2020. xiv, 117 f., il. Dissertação (Mestrado em Geografia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2020.
Abstract: Estudos sobre a precipitação do Distrito Federal têm se tornado cada vez mais frequentes, devido aos impactos que elas causam nos centros urbanos, especialmente durante o verão na América do Sul. O período chuvoso acaba sendo a época do ano em que os desastres naturais acontecem, no caso de Brasília, algumas Regiões Administrativas (RAs) inseridas na Bacia do Lago Paranoá, não foram planejadas para suportar calamidades pluviais, tais como: Riacho Fundo I e II, Varjão, Estrutural, Arniqueira e Vicente Pires. Percebeu-se que até mesmo o Plano Piloto sofre com os efeitos das chuvas extremas; e cada vez mais são frequentes os transtornos como inundações de “tesourinhas”, quedas de árvores em cima de carros, buracos no asfalto, lentidão no trânsito etc. Isso pode ser constatado por meio de observações e de reportagem. Este trabalho consiste na avaliação de episódios de chuvas extremas e no estabelecimento de seus impactos na bacia do Lago Paranoá – DF. Nesse contexto, a abordagem metodológica abrangeu a avaliação da importância do estudo da precipitação na bacia hidrográfica de interesse, a partir da série temporal de precipitação para os verões (período chuvoso da região) de 2015 a 2017. Foram aplicadas as técnicas dos percentis 95% e 99%, que permitiram a identificação de um total de 8 eventos de chuvas consideradas intensas (acumulado diário igual ou superior a 37 mm) e 5 eventos de chuvas extremas (total diário igual ou superior a 52 mm). Os episódios com precipitações extremas ocorreram nos meses de novembro, janeiro e fevereiro com valores de 60,6 mm, 59,2 mm, 52,8 mm, 76,8 mm e 53,4 mm, respectivamente. Esses eventos do trimestre chuvoso equivalem a 3% de todos os eventos da série temporal em estudo. Desse modo, evidencia-se que algumas características se sobressaem sobre a dinâmica climática na área urbana estudada. Os locais mais afetados por inundações são, na maioria dos casos, carentes de infraestrutura (falta ou insuficiência de sistema de drenagem de águas pluviais; a falta de áreas com cobertura vegetal, diminuindo a capacidade de infiltração das águas das chuvas no solo e aumentando o escoamento superficial etc.). As consequências sociais das chuvas, por mais fortes que elas sejam, dependem mais da própria falta de infraestrutura adequada do que das áreas de maior ou de menor ocorrência das chuvas. Por conta disso, os efeitos de um mesmo evento extremo de chuva produzem consequências distintas nas diferentes RA’s que compõem a Bacia do Lago Paranoá. Além disso, realizou-se uma breve análise no modelo meteorológico COSMO para saber a estimativa da chuva através da modelagem, para obter o dado previsto e para usar posteriormente em comparação com o dado observado. Os resultados obtidos indicaram, que durante os episódios de chuvas extremas, o modelo atmosférico de pequena escala COSMO foi considerado um bom indicador para a previsão dessas precipitações. Desse modo, foi possível obter um prognóstico eficiente das condições de tempo reinantes, o que facilitaria acompanhar os acontecimentos com mais informações para tomada de decisão.
Abstract: Studies on precipitation in the Federal District have become increasingly frequent, due to the impacts they cause on urban centers, especially during the summer in South America. The rainy season ends up being the time of year when natural disasters happen, in the case of Brasília, some Administrative Regions (RAs) inserted in the Lago Paranoá Basin, were not planned to withstand storm disasters, such as: Riacho Fundo I and II, Varjão, Structural, Arniqueira and Vicente Pires. It was noticed that even the Pilot Plan suffers from the effects of extreme rains; and disorders such as floods of “scissors”, falling trees on cars, holes in the asphalt, slowness in traffic, etc. are more and more frequent. This can be seen through observations and reporting. This work consists of the evaluation of extreme rain episodes and the establishment of their impacts in the Lago Paranoá basin - DF. In this context, the methodological approach covered the evaluation of the importance of the study of precipitation in the hydrographic basin of interest, from the time series of precipitation for the summers (rainy season in the region) from 2015 to 2017. The 95% percentile techniques were applied and 99%, which allowed the identification of a total of 8 rain events considered intense (accumulated daily equal to or greater than 37 mm) and 5 extreme rain events (daily total equal to or greater than 52 mm). The episodes with extreme precipitation occurred in the months of November, January and February with values of 60.6 mm, 59.2 mm, 52.8 mm, 76.8 mm and 53.4 mm, respectively. These rainy quarter events are equivalent to 3% of all events in the time series under study. Thus, it is evident that some characteristics stand out over the climatic dynamics in the studied urban area. The areas most affected by floods are, in most cases, lacking in infrastructure (lack or insufficiency of rainwater drainage system; the lack of areas with vegetation cover, decreasing the capacity of infiltration of rainwater in the soil and increasing the runoff etc.). The social consequences of rains, however strong they may be, depend more on the lack of adequate infrastructure than on areas of greater or lesser rainfall. Because of this, the effects of the same extreme rain event produce different consequences in the different RA's that make up the Lago Paranoá Basin. In addition, a brief analysis was carried out on the COSMO meteorological model to know the estimated rain through modeling, to obtain the predicted data and to use it later in comparison with the observed data. The results obtained indicated that during the episodes of extreme rain, the small-scale atmospheric model COSMO was considered a good indicator for the forecast of these precipitations. In this way, it was possible to obtain an efficient prognosis of the prevailing weather conditions, which would make it easier to follow events with more information for decision making.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Geografia, Programa de Pós-graduação, 2020.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:GEA - Mestrado em Geografia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/39974/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.