Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/38406
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_LiviaGonçalvesdeOliveira.pdf1,86 MBAdobe PDFView/Open
Title: O coordenador pedagógico e sua identidade profissional : entre o pensado e o concreto
Authors: Oliveira, Lívia Gonçalves de
Orientador(es):: Dantas, Otília Maria Alves da Nóbrega Alberto
Assunto:: Coordenação pedagógica
Escolas - Distrito Federal (Brasil)
Identidade profissional
Escolas públicas
Citation: OLIVEIRA, Lívia Gonçalves de. O coordenador pedagógico e sua identidade profissional : entre o pensado e o concreto 2019. 138 f., il. Dissertação (Mestrado em Educação) — Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: “O Coordenador pedagógico e sua identidade profissional: entre o pensado e o concreto” é o título desta pesquisa. Trata-se de uma indagação sobre a identidade do coordenador pedagógico que atua na SEDF. O estudo tem como objetivo analisar a identidade profissional do coordenador pedagógico na organização do seu trabalho dentro da escola pública do Distrito Federal. A metodologia, de natureza qualitativa, numa aproximação com o Materialismo Histórico Dialético (MHD). Tal aplicação demandou procedimentos descritivos e exploratórios pautados na pesquisa documental e de campo. Os instrumentos utilizados para a coleta de dados foram o grupo focal e o questionário aplicados aos coordenadores pedagógicos. Os dados gerados por ocasião dos instrumentos foram estudados pela análise de discurso crítica A fundamentação teóricaencontra-se calçada na legislação referente ao Currículo em Movimento da Educação Integral do DF, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDBEN) 9.394\96 e o Regimento Interno da Secretaria de Educação do Distrito Federal. Antunes (1999), Contreras (2012), Marx (1999) e Paro (2013) abordam o trabalho como forma de objetivação do Homem. Dantas (2007, 2013), Libâneo (1998, 2010, 2013), Placco, Almeida e Souza (2009, 2012, 2015, 2017) abordam sobre a formação do professor e atuação do coordenador pedagógico. Dubar (1997, 2006), Bolívar (2005, 2016, 2018), Berger, Luckmann (2003), Nóvoa (2014) e Bauman (2005) constituem o arcabouço tomado sobre identidade docente. Nos resultados e conclusões alcançamos o concreto pensado que compõe a identidade do coordenador pedagógico, elencando os elementos que compõem a identidade do coordenador pedagógico, ao qual vislumbramos a intensificação, desqualificação, culpabilização, expropriação e alienação como desvelar das relações e movimentos que delineiam sua prática refletindo na constituição da identidade do sujeito em foco.
Abstract: “The pedagogical coordinator and his professional identity: between thought and concrete” is the title of this research. This is a question about the identity of the pedagogical coordinator who works at SEDF. The study aims to analyze the professional identity of the pedagogical coordinator in the organization of his work within the public school of the Federal District. The methodology, of qualitative nature, is based on the critical method in an approach with Dialectical Historical Materialism (MHD). Such application required descriptive and exploratory procedures based on documentary and field research. The instruments used for data collection were the focus group and the questionnaire applied to the pedagogical coordinators. The data generated at the time of the instruments were studied by critical discourse analysis. The theoretical foundation is based on legislation referring to the Moving Curriculum of Integral Education of the Federal District, the Law of Guidelines and Bases of National Education (LDBEN) 9.394 \ 96 and the Internal Regulations of the Department of Education of the Federal District. Antunes (1999), Contreras (2012), Marx (1999) and Paro (2013) approach work as a form of objectification of man. Dantas (2007, 2013), Libaneo (1998, 2010, 2013), Placco, Almeida and Souza (2009, 2012, 2015,2017) discuss the teacher training and the role of the pedagogical coordinator. Dubar (1997, 2006), Bolivar (2005, 2016, 2018), Berger, Luckmann (2003), Nóvoa (2014) and Bauman (2005) constitute the framework taken on teaching identity. In the results and conclusions we reach the concrete thought that makes up the identity of the pedagogical coordinator, listing the elements that make up the identity of the pedagogical coordinator, to which we glimpse the intensification, disqualification, blaming, expropriation and alienation as unveiling the relationships and movements that outline his practice. reflecting on the constitution of the identity of the subject in focus.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FE - Mestrado em Educação (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/38406/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.