Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/37622
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_SandraCarvalhoCavalcanteFreitas.pdf12,79 MBAdobe PDFView/Open
Title: Histórias de vida de jovens LGBT inseridos em projetos de educação em sexualidade no âmbito escolar
Authors: Freitas, Sandra Carvalho Cavalcante
metadata.dc.contributor.email: sandrashamsa@gmail.com
educandoparavida@yahoo.com.br
Orientador(es):: Díaz Bermúdez, Ximena Pamela
Coorientador(es):: Hamann, Edgar Merchán
Assunto:: Educação em sexualidade
Promoção da saúde
Promoção dos direitos humanos
População LGBT
Experiências vivenciais
Issue Date: 4-May-2020
Citation: FREITAS, Sandra Carvalho Cavalcante. Histórias de vida de jovens LGBT inseridos em projetos de educação em sexualidade no âmbito escolar 2019. 206 f., il. Dissertação (Mestrado em Saúde Coletiva)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: A dissertação se insere no campo da educação em sexualidade na perspectiva da promoção da saúde e dos direitos humanos. Objetivo: Compreender as trajetórias escolares e experiências afetivossexuais de jovens LGBT participantes de um projeto de educação em sexualidade em uma escola do DF. Método: Estudo de natureza compreensiva por meio das histórias de vida. A pesquisa foi desenvolvida em uma escola de Taguatinga que, ao longo de 18 anos, vem desenvolvendo estratégias de educação em sexualidade, promoção da saúde e direitos humanos, como parte integrante do Projeto Político Pedagógico (PPP) da escola. Os participantes do estudo foram três jovens LGBT protagonistas no projeto da escola, sendo uma mulher trans, um homem cis gay e uma mulher cis lésbica. Foram 29 encontros com os jovens LGBT e, para a caracterização do contexto, foram conduzidas seis entrevistas pontuais com atores-chave da comunidade escolar. Foi utilizado também um diário de campo. Os jovens disponibilizaram diários, desenhos e anotações particulares como documentos de auxílio na interpretação dos dados. Outra dimensão da pesquisa envolveu a análise de conteúdo dos documentos e registros físicos do projeto. As narrativas foram processadas por meio da análise de conteúdo de Bardin com o auxílio do software Atlas TI 8. Resultados: Emergiram cinco categorias centrais: (1) Panorama Escolar dos Jovens LGBT, (2) Identidades e Diversidade LGBT, (3) Vozes LGBT em Trajetórias de Vida, (4) Vivências Afetivossexuais na Trajetória dos Jovens LGBT e (5) Promoção da Saúde de Jovens LGBT em Cenário Escolar. Tais categorias foram elencadas em 13 subcategorias representadas por 76 códigos nomeados e 12 códigos livres identificados nas 35 narrativas transcritas. Foi utilizada a metodologia de escrita de história oral para ilustração das histórias e as categorias e subcategorias dialogaram convergências, divergências e singularidades das falas dos participantes com a literatura. Conclusões: Os participantes relataram vários episódios de violência. A percepção das identidades e o preconceito na família e na escola foram apontados como eventos de dores, sofrimento e solidão. O projeto por meio do protagonismo juvenil impactou positivamente na vida dos jovens LGBT. Sinalizou a importância do processo de educação permanente de professores nas temáticas de sexualidade, promoção da saúde e direitos humanos. Reflete propostas de ações programáticas e/ou políticas a partir da perspectiva da promoção da saúde, tendo como desafio atual manter as ações do projeto devido ao surgimento de barreiras para abordar institucionalmente esses temas no contexto educacional.
Abstract: This dissertation approaches the sexuality field of education focused on health and human rights. Objective: The main purpose was to understand the life stories and the paths students went through at school and affective-sexual experiences of LGBT youths who take part in a project held in a school in Federal District. Method: It is a comprehensive study using qualitative methods that identified meanings ascribed to the life practices and experiences according to interpretative approaches of social life. The life stories of the LGBT youths were mainly collected through semi-structured interviews. The research was carried out in a school in Taguatinga, which for the past 18 years has been developing sexuality education strategies, health promotion and human rights as an integral part of the school’s Political Pedagogical Project (PPP). The participants of the study were three LGBT youths who were protagonists on the school’s project: a trans woman, a cis gay man and a cis lesbian woman. In addition, in order to characterize the context, individual semi-structured interviews were performed with key members of the school community: managers, teachers and the mother of the trans woman. Field journals captured what was not orally expressed by the research participants. The youths made their journals, drawings and specific notes available as documents for aiding the interpretation of the data. Another dimension of the research involved the content analysis of the documents and physical records of the project as the school’s PPP, publicity material, certificates, archives and media of the project. The narratives were processed through content analysis, as proposed by Bardin, with the aid of Atlas TI 8 software. Results: The five main categories were: (1) School Panorama of LGBT Youths, (2) LGBT Identities and Diversity, (3) LGBT Voices in Life Trajectories, (4) Sexual-Affective Experiences in the Trajectories of the LGBT Youths and (5) Health Promotion of LGBT Youths in the School Setting. These categories were divided into 13 subcategories represented by 76 named codes and 12 free codes identified in the 35 narratives which were transcribed from 29 interviews with the LGBT youths and six interviews with key community members. The methodology of oral story writing was used in order to illustrate the three stories, and the categories and subcategories showed convergences, divergences and singularities in the voices of the participants with the literature. Conclusions: The participants reported episodes of physical, psychological and sexual violence as well as neglect, abandonment and bullying. The identity perception and prejudice in the family and at school were pointed out as being events of distress and loneliness. Peer education was the prominent methodology in the two administrations of the school, having had a positive impact on the lives of the project’s protagonists. Projects like this have also aided in overcoming the pain and exclusion process that these LGBT youths have undergone. Nowadays there are challenges to maintaining health promotion initiatives in schools, due to the emergence of barriers to institutionally addressing these themes and their role in influencing the formulation of public health and education policies.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Saúde Coletiva, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:DSC - Mestrado Acadêmico em Saúde Coletiva (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/37622/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.