Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/37097
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2000_CarlosHenriqueLinharesFeijão.pdf29,27 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorBauer, Elton-
dc.contributor.authorFeijão, Carlos Henrique Linhares-
dc.date.accessioned2020-03-11T21:52:02Z-
dc.date.available2020-03-11T21:52:02Z-
dc.date.issued2020-03-11-
dc.date.submitted2000-08-10-
dc.identifier.citationFEIJÃO, Carlos Henrique Linhares. Contribuição ao estudo dos sensores de corrosão para estruturas de concreto armado. Brasília , 2000. xv, 182 f., il. Dissertação (Mestrado em Estruturas e Construção Civil)—Universidade de Brasília, Brasília, 2000.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.unb.br/handle/10482/37097-
dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2000.pt_BR
dc.description.abstractNa engenharia moderna, a preocupação com o problema da corrosão deve ser priorizada desde a etapa de projeto. No decorrer das últimas décadas, diversos pesquisadores realizaram estudos mostrando como o gasto com manutenção e recuperação de estruturas atacadas pela corrosão é significativo, comprometendo boa parte do orçamento de um país. É neste sentido que se encaixa o desenvolvimento de técnicas que possibilitam a previsão do estado em que se encontra a armadura dentro do concreto, antes que os sintomas da corrosão sejam visíveis, pois após esta fase, os custos com manutenção e reparo já são bastante elevados. Os sensores de corrosão surgem como uma ferramenta eficaz para fornecer estas informações. Apresenta-se aqui os resultados de dois tipos de sensores, um galvânico, baseado no modelo proposto por SCHIESSL e RAUPACH, e outro conhecido como VETEK2000, produzido pela CMS da Áustria, cujo princípio baseia-se na técnica do potencial de eletrodo. Foram moldados 4 corpos-de-prova, com 2 sensores galvânicos, 2 sensores CMS e 2 barras de referência em cada um deles. Os sensores galvânicos foram divididos em duas categorias, uma dos sensores em escada e outra dos sensores que usaram uma relação variável de área anódica e catódica. Adotou-se a técnica de ensaio acelerado de corrosão induzida por carbonatação, através da utilização de uma câmara com alta concentração de CO2, e a técnica de ensaio acelerado de corrosão induzida por cloretos, através da utilização de ciclos de imersão parcial em solução com 3% de NaCl e secagem em estufa. Foram utilizadas as medidas de resistência de polarização, potencial de eletrodo e macropar galvânico para a avaliação das barras de referência e dos sensores de corrosão. A intensidade de corrosão, obtida através da técnica de resistência de polarização, foi o principal parâmetro para as avaliações que foram realizadas. Verifica-se que o sensor galvânico, utilizando barras de aço inox como cátodos, apresenta-se como mais uma opção para a utilização no concreto armado, com resultados bastante satisfatórios. Já o sensor comercial da CMS apresenta sinais de instabilidade, no entanto, mostra-se como uma boa ferramenta na análise da fase de iniciação da corrosão.pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleContribuição ao estudo dos sensores de corrosão para estruturas de concreto armadopt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subject.keywordEngenharia de estruturaspt_BR
dc.subject.keywordConcreto armadopt_BR
dc.subject.keywordSensorespt_BR
dc.subject.keywordResistência de polarizaçãopt_BR
dc.rights.licenseA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.pt_BR
dc.description.abstract1In the modem engineering, the concern about the corrosion problem should be prioritized since the project stage. During the last decades, many researchers developed studies showing how signifícant the expenses with maintenance and recovery of concrete structures attacked by corrosion are compromising a great part of the country"s budget. The development of techniques that allow the forecast of the condition of the reinforcement inside the concrete structures before the symptoms of the corrosion are visible fits into the model, because after this phase, the costs with maintenance and repair are already quite high. The corrosion sensors arrive as effícient tools that provide this information. The present works shows the results of two types of sensors, a galvanic one, based on a model proposed by SCHTESSL and RAUPACH, and another known like VETEK.2000, produced in CMS (Áustria), which is based on the measurement of the electrode potential. Four samples were molded, with two galvanic sensors, two potential sensors and two reference bars each one. The galvanic sensors were divided in two categories, one of the sensors in stairway and the other with the sensors using an area relationship between anodic and cathodic variables. It was adopted the technique of accelerated corrosion induced by carbonation through the use of a high CO2 concentration camera, and the technique of accelerated corrosion induced by chlorides through the use of partial immersion cycles into a 3% NaCl solution along with drying inside a hothouse. The measures of polarization resistance, electrode potential and galvanic macropar were used for the evaluation of the reference bars and corrosion sensors. The corrosion current, obtained through the polarization resistance technique, it was the main parameter for the evaluations that were accomplished. It is verifíed that the galvanic sensor, using stainless Steel bars as cathodes, it is presented as more an option for the use in the reinforced concrete, with quite satisfactory results. The commercial sensor CMS presents signs of instability, however, it is shown as a good tool in the analysis of the initiation period of the corrosion.pt_BR
Appears in Collections:ENC - Mestrado em Estruturas e Construção Civil (Dissertações)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/37097/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.