Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/36882
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_RaissaAllanSantosDomingues.pdf3,6 MBAdobe PDFView/Open
Title: Desenvolvimento de um teste sorológico capaz de detectar anticorpos anti-NS1 de Dengue virus
Authors: Domingues, Raíssa Allan Santos
Orientador(es):: Nagata, Tatsuya
Coorientador(es):: Ribeiro, Bergmann Morais
Assunto:: Dengue - diagnóstico
Baculovírus
Issue Date: 11-Feb-2020
Citation: DOMINGUES, Raíssa Allan Santos. Desenvolvimento de um teste sorológico capaz de detectar anticorpos anti-NS1 de Dengue virus. 2013. xxiii, 85 f., il. Dissertação (Mestrado em Patologia Molecular)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Abstract: A Dengue é uma doença de grande importância epidemiológica no país, com cerca de seiscentos mil novos casos por ano, sem tratamento específico e com controle inadequado do vetor. O diagnóstico atual da Dengue na rede publica de saúde está baseada em MAC-ELISA que captura anticorpos IgM contra proteínas estruturais virais como a proteína do envelope. Entretanto, esta metodologia ainda causa falso-positivos e negativos da Dengue, por possuir baixa especificidade e sensibilidade. O trabalho desenvolvido apresenta como inovação uma nova ferramenta para diagnóstico da doença Dengue via detecção do anticorpo anti-NS1 (proteína não-estrutural) do Dengue virus (DENV) no plasma do paciente infectado. A proteína NS1 é secretada e circula no plasma no início da fase febril da Dengue, pacientes produzem anticorpos específicos ao NS1 do DENV, além de anticorpos contra proteínas estruturais como as proteínas do envelope, de membrana e do core. O projeto tem como objetivo produzir antígenos recombinantes da proteína NS1 e de peptídeos imunogênicos de NS1 de DENV sorotipos 1, 2, 3 e 4 utilizando baculovírus/célula de inseto como sistema de expressão e validação de antígeno como ferramenta para ELISA de imunocaptura utilizando soros de pacientes infectados com Dengue nos sete primeiros dias pós-infecção. O protótipo do kit de imunocaptura proposto apresentou especificidade máxima (100%) e sensibilidade elevada (89,8%-98,7%). Portanto, o teste proposto pode ser viabilizado para validação e posteriormente, caso validado, pode ser disponibilizado à população, e desta maneira, proporcionar melhora na diagnose e na evolução do quadro dos pacientes acometidos. Este trabalho foi uma parceria de duas instituições: Universidade de Brasília e o laboratório de Flavivírus do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz).
Abstract: Dengue is a disease that has an outstanding epidemiological importance in Brazil, there are about six hundred thousand new cases per year, there isn’t a specific treatment and the insect vector control is inadequate. The current diagnosis of Dengue in the public health is based on MAC-ELISA, which capture IgM antibody against structural protein from the viral envelope. However, this methodology generates false-negative and false-positive of Dengue, since it has low sensitivity and specificity. This work presents a new tool for diagnosis of Dengue through detection of the antibody anti-NS1 (non-structural 1) of Dengue virus (DENV) in the plasma of infected patients. The NS1 protein is secreted and circulates in the plasma in the early stage of Dengue Fever. Patients generate specific antibody against DENV NS1, besides antibody against structural proteins as envelope, membrane and core. This project aims for development recombinant antigens of the complete NS1 protein and shorter immunogenic peptide of the NS1 from DENV serotypes 1, 2, 3 and 4 produced by baculovirus system /insect cells. For the purpose, the validation of recombinant antigen were evaluated for immune capture ELISA using patients’ sera infected with DENV in the first seven days post infection. The immune capture prototype kit using these recombinant antigens of NS1 showed maximum specificity (100%) and high sensitivity (89,8%-98,7%). The prototype kit could be viable for futher validation and, then, possibly for mass production for large scale use. Thus it can contribute to improved diagnosis and the condition for patients treatment. This work was a partnership of two institutes: Universidade de Brasilia and Laboratório de Flavivirus do Instituto Oswaldo Cruz (IOCFiocruz).
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, Programa de Pós-Graduação em Patologia Molecular, 2013.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FMD - Mestrado em Patologia Molecular (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/36882/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.