Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/3662
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_AnetteLobatoMaia.pdf502,26 kBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorSegato, Rita Laura-
dc.contributor.authorMaia, Anette Lobato-
dc.date.accessioned2010-02-19T21:34:02Z-
dc.date.available2010-02-19T21:34:02Z-
dc.date.issued2008-11-07-
dc.date.submitted2008-11-07-
dc.identifier.citationMAIA, Anette Lobato. De Neide a fera da Penha: discursos e representações sociais qua atualizam um estigma na mídia. 2008. 103 f. Dissertação (Mestrado em História)-Universidade de Brasília, Brasília, 2008.en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/3662-
dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de História, 2008.en
dc.description.abstractO presente trabalho buscou identificar através da análise de conteúdo, as representações sociais que deram base à reedição de duas produções midiáticas na primeira década do século XXI sobre o assassinato perpetrado contra uma criança por Neide Maia Lopes, a chamada Fera da Penha em 1960. Buscou-se também levantar os diferentes agentes que permitiram que um crime perpetrado há tantos anos fosse retratado pelas citadas produções, um programa televisivo e um livro, como itens de pauta de uma agenda moral onde o silenciamento e a abjeção foram os mais recursos utilizados para impedir interpretações comprometidas com a humanidade de Neide. O trabalho é uma nova interpretação do caso Fera da Penha a partir das contribuições dos Estudos Feministas e de Gênero e, também, da Historiografia das Mulheres. ________________________________________________________________________________________ ABSTRACTen
dc.description.abstractThis study sought to identify, by means of content analysis, the social representations which provided the basis for the reediting of two media productions in the first decade of the XXI Century about the murder perpetrated against a child by Neide Maia Lopes, the so-called Fera da Penha, in 1960. It also intended to raise the different agents that allowed a crime that was perpetrated such a long time ago to be shown by media productions (a TV show and a book), as items of a moral agenda where the silencing and the abjection were the most used resources to impede interpretations compromised with Neide’s life like a human being. This work presents a new understanding of the Fera da Penha case, developed through contributions of Feminist and Gender Studies, as well as the Historiography of Women.en
dc.language.isoPortuguêsen
dc.rightsAcesso Abertoen
dc.titleDe Neide a fera da Penha : discursos e representações sociais qua atualizam um estigma na mídiaen
dc.typeDissertaçãoen
dc.subject.keywordCrime e criminososen
dc.subject.keywordImprensaen
dc.subject.keywordLopes, Neide Maia, 1937-en
dc.location.countryBRAen
Appears in Collections:HIS - Mestrado em História (Dissertações)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/3662/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.