Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/3561
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2008_RafaelPintoDuarte.pdf1,94 MBAdobe PDFView/Open
Title: O papel da cooperação internacional no desenvolvimento científico brasileiro : o caso do acordo entre o Brasil e a Organização Européia para a Pesquisa Nuclerar (CERN)
Authors: Duarte, Rafael Pinto
Orientador(es):: Vargas, Glória Maria
Assunto:: Ciência e tecnologia
Cooperação internacional
Política pública
Organização Européia para Pesquisa Nuclear (CERN)
Issue Date: 8-Feb-2010
Citation: DUARTE, Rafael Pinto. O papel da cooperação internacional no desenvolvimento científico brasileiro: o caso do acordo entre o Brasil e a Organização Européia para a Pesquisa Nuclerar (CERN). 2008. 132 f. (Mestrado Profissional em Desenvolvimento Sustentável)—Universidade de Brasília, Brasília, 2008.
Abstract: Este trabalho analisa o papel da cooperação internacional no processo de desenvolvimento científico e tecnológico brasileiro, tendo como base a cooperação entre o Brasil e a Organização Européia para Pesquisa Nuclear (CERN). Analisa a agenda internacional nas estratégias nacionais de desenvolvimento em C&T desde os anos 1970. Propõe uma visão estratégica de um ciclo que envolve intercâmbio e colaborações científicas internacionais como etapas iniciais que levam à Cooperação Internacional (CI), esta última verdadeiramente capaz de gerar desenvolvimento científico. O estudo de caso sobre a participação de cientistas brasileiros no CERN mostra que a CI só gera desenvolvimento científico se contar com a participação do Estado para garantir investimentos e apoio institucional aos cientistas brasileiros no longo prazo. Assim a CI torna-se elemento indispensável para a elaboração e execução de políticas públicas que vislumbrem o desenvolvimento científico e tecnológico nacional. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
The present work studies the role of international cooperation on the Brazilian scientific and technological (S&T) development process, based on the case of the cooperation among Brazil and the European Organization for Nuclear Research (CERN). It starts at an analysis of the national strategies for S&T development since the 1970’s. The studies lead to a suggestion of a new strategic approach of a system beginning starting at activities of international S&T interchange and collaborations as initial stage that lead to International Cooperation, seen as the only one capable of create S&T development. The case of the Brazilian activities at CERN shows that International Cooperation generates S&T development only with long term assured financial and institutional support of the Government. The results point to the assumption that International Cooperation is an essential element for elaboration and execution of public policies that aim national development on science and technology.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Centro de Desenvolvimento Sustentável, 2008.
Appears in Collections:CDS - Mestrado Profissional em Desenvolvimento Sustentável: Política e Gestão de Ciência e Tecnologia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/3561/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.