Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/35493
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_MerryElizabethGoedert.pdf85,55 MBAdobe PDFView/Open
Title: Estudo descritivo e comparativo da arquitetura de córneas humanas normais no envelhecimento
Authors: Goedert, Merry Elizabeth
Orientador(es):: Kückelhaus, Selma Aparecida Souza
Assunto:: Olhos - anatomia
Córnea - doenças
Córnea - morfologia
Envelhecimento - aspectos fisiológicos
Issue Date: 27-Sep-2019
Citation: GOEDERT, Merry Elizabeth. Estudo descritivo e comparativo da arquitetura de córneas humanas normais no envelhecimento. 2019. xii, 63 f., il. Dissertação (Mestrado em Ciências Médicas)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: Introdução: A córnea é uma estrutura complexa responsável por quase três quartos do poder óptico o que torna a córnea a principal lente do olho humano, além de conferir uma barreira de proteção a agentes externos, permite a transmissão e a refração da luz. Tem sido reportado que o processo normal de envelhecimento pode afetar a integridade da córnea. Assim, esse estudo teve como objetivo comparar e descrever a arquitetura e as alterações estruturais, vasculares e imunitárias da córnea decorrentes do envelhecimento para auxiliar condutas terapêuticas em benefício da qualidade visual dos indivíduos. Materiais e Métodos: Trata-se de um estudo transversal descritivo e comparativo da arquitetura estrutural de córneas humanas normais (n = 15) sem histórico de doenças oculares, descartadas pelo Banco de Olhos. As córneas foram coletadas em solução de preservação, fixadas com paraformaldeído a 10%, lavadas e seccionadas. Um quadrante de cada espécimes (n=15) foram re-fixados (glutaraldeído a 2% e paraformaldeído a 2%, lavados, pós-fixados (tetróxido de ósmio a 1%), desidratados em soluções de acetona (30% a 100%), secos até o ponto crítico com CO2 e metalizados com ouro. As imagens das faces anterior, perfil e posterior foram obtidas por microscopia eletrônica de varredura (JSM- 7000F, JEOL, Tokyo, Japan). Três quadrantes de cada espécime (n=9) foram fixados, desidratados em álcool, diafanizados em xilol, embebidos e emblocados em parafina, seccionados em cortes frontais e sequenciados (6 μm), após corados com hematoxilina e eosina , Tricromio de Gomori, Gomori para reticulina e Weigert. Resultados: O perfil dos doadores mostrou predomínio sexo masculino (80%), sorologias negativas em cerca de 73,3% e doenças cardiovasculares sendo a causa mortis mais prevalente. Os resultados mostraram em relação a idade: 1) a espessura total da córnea na córnea central (CC) é menor que na córnea periférica (CP) para G1 (<40anos) (Teste t, p=0,049), não houve diferença para G2 (≥ 40 anos). 2) Camada de Bowman, membrana de Descemet e endotélio mostraram maior espessura CP para G1 (p<0,01); para G2 foi mais espessa na CP apenas na Camada de Bowman (Test t, p=0,049). 3) A espessura do endotélio na CP foi menor no G2 do que no G1 (Test t, p=0,015). 4) O percentual de desepitelização, assim como o total de lamelas desagregadas não apresentaram diferenças significativas entre os grupo ou/e regiões. 5) O número de lesões endoteliais foi maior no G2 em comparação ao G1 (Test t, p<0,05). 7) O número de leucócitos segmentados foi maior no G1 em relação ao G2 (Test t, p=0,023). 8) Fenestrações pericorneais margeadas por fibras colágenas e por fibras elásticas internamente foram identificadas em maior quantia na região posterior da córnea próximo ao ângulo iridocorneano aonde se integram com a rede trabecular, Discussão e Conclusão: O presente estudo mostrou alterações estruturais nos constituintes da córnea com o envelhecimento. Essas alterações podem refletir na perda da transparência da córnea observada nos idosos, sobretudo pela diminuição funcional do seu endotélio. Diferentemente de outros estudos, os cortes frontais e sequenciados permitiram avaliar as fibras elásticas no perímetro corneano que são de suma importância para num futuro próximo identificar a interrelação córnea – limbo – malha trabecular e prováveis avanços nas áreas do glaucoma e no estudo da córnea humana e assim contribuir para melhorar as condutas terapêuticas em benefício da qualidade visual dos indivíduos ao longo do processo de envelhecimento.
Abstract: Introduction: The cornea is a complex structure responsible for nearly three-quarters of optical power making the cornea the main refracting lens in the human eye, as well as providing a protective barrier for external agents it allows the transmission and refraction of light. It has been reported that the normal aging process can affect the integrity of the cornea. Thus, this study aimed at comparing and describing the architecture and structural, vascular and immune changes of the cornea resulting from aging to assist therapeutic behaviors in benefit of the visual quality of the individuals. Materials and Methods: This is a crosssectional descriptive and comparative study of the structural architecture of normal human corneas (n = 15), with no history of ocular diseases, discarded by Eye Bank. The corneas were collected in preservation solution, fixed with 10% paraformaldehyde, washed and sectioned. One quadrant of each specimen were then re-fixed (2% glutaraldehyde and 2% paraformaldehyde), washed, post-fixed (1% osmium tetroxide), dehydrated in acetone solutions (30% to 100%), dried to critical point with CO2 and metalized with gold. Images of the anterior, transversal and posterior faces were obtained by scanning electron microscopy (JSM-7000F, JEOL, Tokyo, Japan). Three quadrants of each specimen (n = 9) were fixed, dehydrated in alcohol, diaphanized in xylol, embedded and blocked in paraffin, sectioned in frontal cuts and sequenced (6 μm) after staining with hematoxylin and eosin, Gomori trichrome, Gomori for reticulin and Weigert. Results: The profile of the donors showed a predominance of masculine sex (80%), negative serologies in 73.3% and cardiovascular diseases being the most prevalent cause. The results showed: 1) total cornea thickness in the central cornea (CC) is smaller than in the peripheral cornea (CP) for G1 (<40 years) (Test t, p = 0.049), there was no difference for G2 (≥ 40 years). 2) Bowman's layer, Descemet's membrane and endothelium showed higher CP thickness for G1 (p <0.01); for G2 was thicker in CP only in the Bowman's Layer (Test t, p = 0.049). 3) The endothelium thickness at CP was lower in G2 than in G1 (Test t, p = 0.015). 4) The percentage of de-epithelialization, as well as the total of disaggregated lamellae did not present significant differences between the groups or / and regions. 5) The number of endothelial lesions was higher in G2 than in G1 (Test t, p <0.05). 7) The number of segmented leukocytes was higher in G1 than in G2 (Test t, p = 0.023). 8) Pericorneal fissures marred by collagen fibers and elastic fibers internally were identified in greater amount in the posterior region of the cornea near the irido-corneal angle where they integrate with the trabecular meshwork. Discussion and Conclusion: The present study showed structural alterations in the constituents of the cornea with aging. These changes may reflect the loss of corneal transparency observed in the elderly, mainly due to the functional decrease of their endothelium. Differently from other studies, the frontal and sequenced cuts allowed to evaluate the elastic fibers in the corneal perimeter which are of great importance in the near future to identify the cornea - limbal - trabecular meshwork interlocking and probable advances in the areas of glaucoma and in the study of the human cornea and thus contribute to improve the therapeutic behaviors in benefit of the visual quality of the individuals throughout the process aging.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:FMD - Mestrado em Ciências Médicas (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/35493/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.