Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/35011
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2019_MaxMüllerCerqueiraSobrinho.pdf1,95 MBAdobe PDFView/Open
Title: O espartano e o samurai como arquétipos do masculino maduro em Portões de Fogo de Steven Pressfield e Musashi de Eiji Yoshikawa : um estudo comparado
Authors: Cerqueira Sobrinho, Max Müller
Orientador(es):: Biserra, Wiliam Alves
Assunto:: Arquétipo
Arquétipo masculino
Arquétipo (Psicologia)
Psicologia analítica
Literatura e psicanálise
Issue Date: 10-Jul-2019
Citation: CERQUEIRA SOBRINHO, Max Müller. O espartano e o samurai como arquétipos do masculino maduro em Portões de Fogo de Steven Pressfield e Musashi de Eiji Yoshikawa: um estudo comparado. 2019. 188 f., il. Dissertação (Mestrado em Literatura)—Universidade de Brasília, Brasília, 2019.
Abstract: O que propõe a presente dissertação de mestrado, a partir de uma leitura crítica literária com base em estudos do masculino junguianos e pós-junguianos, é delimitar e apresentar como problema o elemento de comparação tomado como Arquétipo do Guerreiro, o que pesquisadores da psique masculina Robert Moore, Douglas Gillette, Robert Bly e outros, chamaram de arquétipo do masculino maduro. A abordagem do processo de individuação do Guerreiro interior, com o objetivo de se buscar traços comuns de seus desenvolvimento e evolução, na luta com sua Sombra, foi realizada a partir das manifestações dessa imagem arquetípica nas personagens literárias, respectivamente, os trezentos de Esparta, em Portões de Fogo, de Steven Pressfield, e o lendário samurai Musashi, na obra homônima, de Eiji Yoshikawa.
Abstract: The purpose of this dissertation is to delimit and present as a problem the element of comparison taken as the Warrior Archetype, which researchers of the Mature Masculine such as Robert Moore, Douglas Gillette, Robert Bly and others, called the archetype of the mature male. The approach of the individuation process of the inner Warrior, with the aim of seeking common traits of its development and evolution, in the struggle with its Shadow, was made from the manifestations of this archetypal image in the literary characters, respectively, the Three Hundred Spartans in Steven Pressfield's Gates of Fire, and the legendary samurai Musashi in Eiji Yoshikawa's homonymous work.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Teoria Literária e Literaturas, Programa de Pós-Graduação em Literatura, 2019.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:TEL - Mestrado em Literatura (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/35011/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.