Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/34884
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_JoesleyDouradoBastos.pdf5,02 MBAdobe PDFView/Open
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorAraújo Sobrinho, Fernando Luiz-
dc.contributor.authorBastos, Joesley Dourado-
dc.date.accessioned2019-06-17T20:59:06Z-
dc.date.available2019-06-17T20:59:06Z-
dc.date.issued2019-06-17-
dc.date.submitted2018-12-18-
dc.identifier.citationBASTOS, Joesley Dourado. A produção da habitação vertical na periferia da metrópole: o processo de verticalização urbana em Valparaíso de Goiás. 2018. 166 f., il. Dissertação (Mestrado em Geografia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2018.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.unb.br/handle/10482/34884-
dc.descriptionDissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Geografia, Programa de Pós-graduação, 2018.pt_BR
dc.description.abstractA metrópole contemporânea não respeita limites administrativos e sua influência impacta diretamente municípios que estão além de sua delimitação oficial. No caso da Área Metropolitana de Brasília esse processo tem uma característica peculiar, uma vez que é formada por municípios pertencentes ao estado de Goiás, portanto de Unidades da Federação distintas. Estes municípios surgiram como resultado da indisponibilidade política da terra no Distrito Federal que transformou a habitação na periferia a única alternativa possível para uma parcela da população, culminando na efetivação de uma cidade única – Brasília – porém composta por vários municípios. Após o ano de 2009, com o lançamento do Programa Minha Casa Minha Vida-PMCMV, observou-se a intensificação do processo de verticalização urbana na periferia da metrópole, mais especificamente em Valparaíso de Goiás. Neste contexto, o objetivo geral desta pesquisa é analisar o processo de verticalização urbana com função habitacional na periferia metropolitana de Brasília após o ano de 2009. Como objetivos específicos busca-se em primeiro lugar, periodizar as mudanças na configuração territorial de Valparaíso de Goiás, em segundo, analisar os impactos do PMCMV em Valparaíso de Goiás, em terceiro, identificar as principais morfologias do processo de verticalização urbana e finalmente investigar a configuração territorial da verticalização urbana no município. Por meio de pesquisa bibliográfica e incursões em campo, foi possível alcançar os objetivos propostos. Constatou-se que a configuração territorial do município possui três períodos distintos: o primeiro se refere a ocupação pioneira dos bairros Parque São Bernardo, Jardim Céu Azul e o “Valparaízo” e perpetua até a emancipação política em 1995. O segundo é o intervalo entre a emancipação e o ano de 2009, ano de lançamento do PMCMV, enquanto o terceiro período se inicia no ano de 2009 e perdura, pelo menos, até a data de conclusão da pesquisa, 2018. Constatou-se que o PMCMV fomentou o setor da construção civil em Valparaíso de Goiás, que a forma privilegiada do processo naquele município goiano é o edifício de quatro pavimentos tanto em números totais de edifícios quanto de unidades habitacionais, e ainda observou-se que a rodovia federal BR 040 é determinante para a geografia da verticalização em Valparaíso de Goiás.pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.titleA produção da habitação vertical na periferia da metrópole : o processo de verticalização urbana em Valparaíso de Goiáspt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.subject.keywordVerticalização urbanapt_BR
dc.subject.keywordPrograma Minha Casa Minha Vida (Brasil)pt_BR
dc.subject.keywordHabitações popularespt_BR
dc.subject.keywordCrescimento urbanopt_BR
dc.subject.keywordConfiguração urbanapt_BR
dc.rights.licenseA concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.pt_BR
dc.description.abstract1The contemporary metropolis does not respect administrative boundaries and its influence directly impacts municipalities that are beyond its official delimitation. In the case of the Metropolitan Area of Brasilia this process has a peculiar characteristic, since it is formed by cities belonging to the state of Goias, therefore of different Units of the Federation. These cities arose as a result of the political unavailability of land in the Federal District that transformed the housing in the periphery the only possible alternative for a portion of the population, culminating in the realization of a single city - Brasília - but composed of several other cities. After 2009, with the launch of the PMCMV-Minha Casa Minha Vida Program, it was observed the intensification of the process of urban verticalization in the periphery of the metropolis, more specifically in Valparaiso de Goias. In this context, the general objective of this research is to analyze the process of urban verticalization with a housing function in the metropolitan periphery of Brasília after 2009. As a specific objective, we seek to periodize the changes in the territorial configuration of Valparaiso de Goias; secondly, to analyze the impacts of the PMCMV in Valparaiso de Goias; third, to identify the main morphologies of the urban verticalization process and finally to investigate the territorial configuration of the urban verticalization in the city. Through bibliographic research and field inquiries, it was possible to achieve the proposed objectives. It was verified that the territorial configuration of the city has three distinct periods: the first refers to the pioneer occupation of the neighborhoods of Parque São Bernardo, Jardim Ceu Azul and "Valparaizo" and perpetuates until political emancipation in 1995. The second is the interval between the year of launching the PMCMV, while the third period begins in 2009 and lasts at least until the date of conclusion of the research, 2018. It was verified that the PMCMV promoted the construction sector in Valparaiso de Goias, that the privileged form of the process in that municipality is the four-floor building in both total numbers of buildings and housing units, and it was also observed that federal highway BR 040 is determinant for the geography of verticalization in Valparaiso de Goias.pt_BR
Appears in Collections:GEA - Mestrado em Geografia (Dissertações)

Show simple item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/34884/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.