Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/21989
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_AdeusDivisãoSexualTrabalho.pdf839,98 kBAdobe PDFView/Open
Title: Adeus à divisão sexual do trabalho? : desigualdade de gênero na cadeia produtiva da confecção
Authors: Guiraldelli, Reginaldo
Assunto:: Trabalho
Gênero
Precarização do trabalho
Questão social
Issue Date: Sep-2012
Publisher: Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília
Citation: GUIRALDELLI, Reginaldo. Adeus à divisão sexual do trabalho?: desigualdade de gênero na cadeia produtiva da confecção. Sociedade e Estado, Brasília, v. 27, n. 3, p. 709-732, set./dez. 2012. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922012000300014&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 14 jun. 2016. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-69922012000300014.
Abstract: A divisão sexual do trabalho, no marco da reestruturação produtiva, que desencadeou processos de terceirização, informalidade e subcontratações, é um assunto que ainda requer estudos e pesquisas com vistas a decifrar elementos presentes na esfera produtiva que reforçam as desigualdades de gênero no mundo do trabalho. Por isso, este artigo objetiva apresentar alguns aspectos desse fenômeno complexo, suscitando reflexões acerca de um suposto fim da divisão sexual do trabalho, diante de discursos disseminados que atestam para a igualdade entre homens e mulheres na esfera produtiva. Essa concepção é questionável considerando que ainda se sustentam determinadas ocupações no mundo do trabalho como redutos femininos por excelência, como é o caso da indústria da confecção.
Abstract: The sexual division of labor, the march of productive restructuring, that triggered processes of outsourcing, informality and subcontracts, is an issue that still requires further studies and research with a view to decipher elements present a productive sphere that reinforces gender inequalities in the world of work. For this reason, this article aims to present some aspects of this complex phenomenon, inspiring reflections about a supposed end of the sexual division of labor, in the face of discourses disseminated that attest to the equality of men and women at the productive sphere. This conception is questionable considering that still maintain certain occupations in the world of work as bastions female par excellence, as is the case with the clothing industry.
Licença:: Sociedade e Estado - All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International (CC BY-NC 4.0). Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922012000300014&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 14 jun. 2016.
DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-69922012000300014
Appears in Collections:SER - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/21989/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.