Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/20728
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_AcessoAlimentacaoDireito.pdf899,3 kBAdobe PDFView/Open
Title: Acesso à alimentação como direito social no Brasil : implicações para a sociedade e para o sistema nacional de informações
Other Titles: Access to food as a social right in Brazil : implications for the society and for the national information system
Authors: Gomes Júnior, Newton Narciso
Pessanha, Lavínia Davis Rangel
Mitchell, Paulo Vicente
Assunto:: Direitos humanos
Indicadores sociais
Estatística
Issue Date: Jul-2010
Publisher: Revista SER Social
Citation: GOMES JUNIOR, Newton Narciso; PESSANHA, Lavinia Davis Rangel; MITCHELL, Paulo Vicente. Acesso à alimentação como direito social no Brasil: implicações para a sociedade e para o sistema nacional de informações. Ser Social (UnB), v. 12, p. 115-143, jul./dez. 2010. Disponível em: <http://periodicos.unb.br/index.php/SER_Social/article/view/4139/3450>. Acesso em: 13 jun. 2016.
Abstract: A Emenda Constitucional 64/2010 garantiu Direito Humano à Alimentação como direito básico e social, alterando o Artigo 6º da Constituição Federal. O artigo analisa as significativas implicações desta alteração na gestão das políticas públicas brasileiras Ao assegurar o Direito à Alimentação como direito básico e social, a Carta constituiu um dever, ou uma obrigação positiva do Estado brasileiro. O artigo discute também o significado desta mudança para o sistema brasileiro de informações, argumentando que já existem fontes de dados e sistema de indicadores construídos para o monitoramento consistente das situações de (in)segurança alimentar e nutricional no país, restando agora ao governo federal e aos gestores do Sistema Brasileiro de Informações Estatísticas e Geográficas definir a regularidade e a frequência da aplicação e divulgação destes instrumentos. Nossa atenção se concentrará basicamente nas possibilidades de uso da Pesquisa de Orçamentos Familiares e da Pesquisa Nacional por Amostra Domiciliar como fontes de dados. _______________________________________________________________________________ ABSTRACT
The Constitutional Amendment number 64/2010 ensured the Human Right to food as a social and basic right altering the 6th Article of the Brazilian Federal Constitution. This article discusses the significance of this inclusion of the Human Right to Food in the Federal Constitution and its effects on the management of the public policies and also on the Brazilian system of information, arguing that there are already data sources and indicator systems constructed for the consistent monitoring of situations of food (un)safety and nutrition in the country, leading the federal government and now the managers of the Brazilian Statistical and Geographical Information System – SBSEG - to define the regularity and frequency of application and dissemination of these instruments.
Licença:: Ser Social (UnB) - This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported (CC BY 3.0). Fonte: http://periodicos.unb.br/index.php/SER_Social/article/view/4139/3450. Acesso em: 13 jun 2016.
Appears in Collections:SER - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/20728/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.