Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/20727
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_TrabalhoTrabalhadoresQuestaoSocial.pdf458,09 kBAdobe PDFView/Open
Title: Trabalho, trabalhadores e questão social na sociabilidade capitalista
Other Titles: Work, workers and the social issue in the capitalist sociability
Authors: Guiraldelli, Reginaldo
Assunto:: Trabalho
Trabalhadores
Questão social
Capitalismo
Issue Date: Jun-2014
Publisher: Centro de Psicologia Aplicada ao Trabalho do Departamento de Psicologia Social e do Trabalho do Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo
Citation: GUIRALDELLI, Reginaldo. Trabalho, trabalhadores e questão social na sociabilidade capitalista. Cadernos de Psicologia Social do Trabalho, São Paulo, v. 17, n. 1, p. 101-115, jun. 2014. Disponível em: <http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-37172014000200008&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 14 jun. 2016.
Abstract: Este ensaio, por meio de revisão da literatura, analisa as transformações societárias em curso que afetam o mundo do trabalho e a vida em sociedade, provocando o acirramento da questão social, compreendida como resultante das contradições entre capital e trabalho. Em linhas gerais, tendo em vista o acúmulo de conhecimento produzido no campo das ciências sociais e humanas acerca do tema, são apresentados elementos acerca das alterações desencadeadas no mundo do trabalho e seus reflexos para os trabalhadores em tempos de crise do capital. Dentre as consequências dessas transformações estão a intensificação e a expansão de formas precárias de trabalho, o agravamento do pauperismo, o avanço do desemprego, a informalidade, as subcontratações, a miséria e a perda de direitos sociais. Tal quadro esboça, para o conjunto da classe trabalhadora, por meio de organizações e lutas coletivas, desafios com vistas à superação da sociabilidade capitalista. __________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This essay, through literature review, analyzes ongoing societal transformations affecting the world of work and life in society, besides provoking the worsening of the social issue, understood as resulting from the contradictions between capital and labor. Generally, taking into account the accumulation of knowledge produced in the field of social and human sciences on this subject, it is presented elements about the changes triggered in the world of work and its reflections to the workers in times of crisis of the capital. One of the consequences of these transformations are the intensification and the expansion of precarious forms of work, the increase of pauperism, the advancement of unemployment, informality, subcontracting, poverty and the loss of social rights. This framework outlines, for the whole working class, through organizations and collective struggles, challenges aimed at overcoming the capitalist sociability.
Licença:: Cadernos de Psicologia Social do Trabalho - Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional (CC BY-NC 4.0). Fonte: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-37172014000200008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em: 14 jun. 2016.
Appears in Collections:SER - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/20727/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.