Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/20140
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2016_TomásUrani.pdf1,51 MBAdobe PDFView/Open
Title: Composição da dívida e efeitos patrimoniais de câmbio nas empresas brasileiras
Authors: Urani, Tomás
Orientador(es):: Ellery Junior, Roberto de Goes
Assunto:: Investimentos - análise
Efeitos patrimoniais
Câmbio
Mercado de crédito
Issue Date: 5-May-2016
Citation: URANI, Tomás. Composição da dívida e efeitos patrimoniais de câmbio nas empresas brasileiras. 2016. 40 f., il. Dissertação (Mestrado em Economia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Abstract: Neste trabalho é analisada a interação entre o ambiente macroeconômico e as decisões individuais das firmas desde a livre flutuação do câmbio em $1999$. Num primeiro momento, estima-se a influência do ambiente macroeconômico na estrutura da dívida das firmas. É possível ver que o fator de maior importância para que firmas possam obter endividamento de longo prazo e endividamento em moeda estrangeira é o tamanho das mesmas. Isto é, empresas maiores têm mais acesso ao mercado de crédito de longo prazo e ao mercado de crédito estrangeiro. Em seguida, estima-se os efeitos patrimoniais das variações cambiais, com base no investimento realizado pelas empresas. Os efeitos não são significantes, mas tornam-se negativos e altamente significantes ao se inserir um controle para exportação e importação a nível setorial. Ao controlar para imperfeições nos mercados de capitais, usando a medida Q de Tobin, os resultados voltam a ser insignificantes, apontando que outros fatores podem ser mais importantes nas decisões das firmas nacionais.
Abstract: In this work we focus on the interaction between the macroeconomic environment and firms individual decisions since Brazil started a free-float regime in 1999. In a first moment, we estimate the influence of the macroeconomic environment inf firms debt structure. It is possible to observe that the major factor influencing that firms obtain long terms financing or financing in foreign currency is the size of the firms. In other words, larger firms have more access to long term and external credit than smaller ones. The following step was to estimate exchange rate balance sheet effects observing firms investment. The results are inconclusive in a first estimation, but became negative and highly significant when controlled for exportation and importation. However, those same results turned to be inconclusive again when controlled for capital market imperfections using the Tobin’s Q, witch indicates that there are other factors playing a more important role in firms decisions.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Departamento de Economia, Programa de Pós-Graduação em Economia, 2016.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
DOI: http://dx.doi.org/10.26512/2016.04.D.20140
Appears in Collections:ECO - Mestrado em Economia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/20140/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.