Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/15860
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ARTIGO_CondicionantesGeomorfologicosDeslizamentos.pdf1,45 MBAdobe PDFView/Open
Title: Condicionantes geomorfológicos dos deslizamentos nas encostas : avaliação de metodologias e aplicação de modelo de previsão de áreas susceptíveis
Authors: Fernandes, Nelson Ferreira
Guimarães, Renato Fontes
Gomes, Roberto Arnaldo Trancoso
Vieira, Bianca Carvalho
Montgomery, David R.
Greenberg, Harvey
Assunto:: Deslizamento (Geologia)
Hidrologia
Solos - análise
Modelos matemáticos
Issue Date: 2001
Publisher: União da Geomorfologia Brasileira
Citation: FERNANDES, Nelson Ferreira et al. Condicionantes geomorfológicos dos deslizamentos nas encostas: avaliação de metodologias e aplicação de modelo de previsão de áreas susceptíveis. Revista Brasileira de Geomorfologia, Uberlândia, v. 1, p. 51-71, 2001.
Abstract: Deslizamentos são episódios de extrema importância, resultantes da atuação de processos geomorfológicos nas mais diversas escalas temporais causando, em geral, enormes prejuízos à sociedade. Dentre os diversos fatores condicionantes destacam-se os parâmetros morfológicos do terreno, os quais controlam diretamente o equilíbrio das forças e, indiretamente, a dinâmica hidrológica dos solos. Embora muitos estudos tenham voltado a atenção para a descrição de eventos e para o monitoramento de campo, pouco ainda se sabe sobre a previsão de ocorrência destes fenômenos. Acredita-se aqui que a combinação de mapeamentos e monitoramentos de campo, através de modelos matemáticos baseados em processos, tenha muito a contribuir nessa direção. Neste sentido, diversos estudos de campo vêm sendo realizados nas bacias dos rios Quitite e Papagaio no sentido de caracterizar o papel desempenhado pelos diversos parâmetros topográficos no condicionamento dos deslizamentos ali ocorridos em 1996. A partir do modelo digital de terreno das bacias, com uma resolução de 4m2, combinado com vários mapeamentos ali realizados, foi definido o potencial de deslizamento para as diversas classes de cada atributo topográfico. Paralelamente, foram realizados ensaios de campo com o permeâmetro de Guelph e simulações com o modelo matemático SHALSTAB, voltado para a previsão de áreas instáveis, de modo a englobar os mais diferentes cenários. Os resultados atestam o importante papel desempenhado pelos parâmetros topográficos forma da encosta e área de contribuição, geralmente desprezados pelas metodologias de previsão de áreas susceptíveis a deslizamentos. ______________________________________________________________________________ ABSTRACT
Landslides are important geomorphological processes, acting along different temporal scales and generally causing huge problems to society. Between the different controlling factors an important role is played by the morphological parameters which directly affect the equilibrium between the forces and indirectly control hillslope hydrology. Although many studies have focused on the description of previous events and field monitoring, little is known about landslide prediction, defining where and when these processes will happen in the near future. It is believed that the combination of field mapping and monitoring with process-based mathematical models is an important tool to landslide investigation. A variety of studies have been carried out in Quitite and Papagaio river basins in order to investigate the role played by the topographic parameters in the landslides triggered by 1996 intense rainstorms. Based on the digital terrain model of the basins, with a 4m2 resolution, together with the different maps obtained, a landslide potential index for the many classes of each topographic attribute was defined. At the same time, field experiments with the Guelph permeameter were carried out and a variety of scenarios were simulated with the SHALSTAB model, a mathematical model for the topographic control on shallow landslides. The results attest the important role played by the topographic parameters hillslope form and contribution area on landsliding in the studied area. However, these topographic attributes are not considered by most of the procedures used to predict landslide generation
Licença:: Revista Brasileira de Geomorfologia - este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 CC BY . Fonte: http://www.lsie.unb.br/rbg/index.php/rbg/article/view/8. Acesso em: 12 maio 2014.
Appears in Collections:GEA - Artigos publicados em periódicos

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/15860/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.