Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/15165
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2013_RonaldoRodriguesMota.pdf2 MBAdobe PDFView/Open
Title: A evolução do mercado de fundos de investimento imobiliários no Brasil no período de 1994 a março/2013 e a utilização dessa alternativa de investimento para o investidor pessoa física no Brasil
Authors: Mota, Ronaldo Rodrigues
Orientador(es):: Ellery Junior, Roberto de Goes
Assunto:: Investimentos
Tributação
Issue Date: 13-Feb-2014
Citation: MOTA, Ronaldo Rodrigues. A evolução do mercado de fundos de investimento imobiliários no Brasil no período de 1994 a março/2013 e a utilização dessa alternativa de investimento para o investidor pessoa física no Brasil. 2013. 114 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Economia)—Universidade de Brasília, Brasília, 2013.
Abstract: Este trabalho objetiva oferecer uma abordagem geral dos Fundos de Investimentos Imobiliários no Brasil, sua história, desenvolvimento, características, tipos e o comportamento enquanto forma de investimento. Em suma, o estudo estabelece considerações sobre a atuação desse tipo de investimento no mercado brasileiro, seu crescimento, regulamentação e a capacidade que tais fundos possuem de oferecer uma boa rentabilidade aos poupadores, em especial aos investidores pessoa física. O Banco Central é uma instituição financeira governamental que funciona como o “banco dos bancos”, sendo o banco do próprio governo, tendo como sua missão institucional a de ser o agente social que assegurar o equilíbrio monetário, a estabilidade da moeda e o controle de crédito do país. O desempenho eficaz dessa missão exige que sejam estabelecidas e determinadas normas e que estas sejam executadas no sentido de controlar o volume de moeda em circulação, de meios de pagamento e as condições de crédito e de financiamento na economia. O Banco Central exerce ainda a função de controle e fiscalização dos demais bancos do país. detém o monopólio na emissão de papel-moeda e controla a importação e exportação de dinheiro e de matais preciosos no país. Dentre os objetivos do Banco Central destaca-se o estímulo à formação de poupança em níveis adequados às necessidades de investimento no país, bem como a preocupação com a estabilidade monetária e o aperfeiçoamento do Sistema Financeiro Nacional. As instituições financeiras também preocupadas com a apresentação de bons rendimentos, liquidez e segurança para seus investidores procuram desenvolver e aprimorar cada vez mais os instrumentos financeiros que dispõe. Dentre os instrumentos criados, pode ser destacado os fundos de investimento, em especial os Fundos de Investimentos Imobiliários - Fll’s (ou, simplesmente, fundos imobiliários), instrumento criado em junho de 1993 e regulamentado em 1994 pela Comissão de Valores Mobiliários - CVM. Os FM s proporcionam uma rentabilidade compatível com o mercado Brasileiro, gerando dessa forma, mais uma alternativa de diversificação de investimento ao poupador. Os assuntos serão abordados preferencialmente sob a ótica do investidor e o enfoque está circunscrito às informações gerais e discussões sobre os aspectos mais relevantes dos fundos de investimento imobiliários. Esta dissertação está desenvolvida em 8 capítulos, incluindo a introdução e conclusão. De início são apresentados conceitos, a forma de estruturação de um fundo de investimento imobiliário, e os normativos ou leis que regulam tais investimentos. Após esse enfoque, o estudo traça sucintamente a evolução histórica dos fundos imobiliários no Brasil e a atual dimensão dos investimentos existente no país. No capítulo seguinte é traçada uma análise da dificuldade na criação de um mercado secundário para tais ativos, dado o volume existente de cotas e o volume de recompra dessas cotas, bem como a relação existente entre a redução das taxas de juros no país e crescimento dessa modalidade de investimento. No capítulo 5, será abordado o aquecimento no mercado imobiliário brasileiro nos últimos anos. a elevação dos preços dos ativos imobiliários, as mudanças na legislação aplicação para o mercado imobiliário que favoreceram ou proporcionaram maior segurança nas aplicações que possuem lastro imobiliário. Avaliação quanto à existência de um mercado especulativo para o segmento imobiliário (criação de bolha especulativa) e como o investidor pessoa física se comporta a esse tipo de investimento. No capítulo 6, será apresentado a rentabilidade obtida e o perfil dos investidores para os fundos de investimento imobiliários existente no país, os avanços obtidos nos últimos anos dado os tipos de ativos que lastreiam os fundos, o surgimento de novos fundos imobiliários ocorrido nos últimos cinco anos. além da redução dos impostos para esse tipo de investimento, quando relacionado aos investidores pessoas físicas. No último capítulo, o trabalho abordará as perspectivas para os próximos anos para os fundos de investimentos imobiliários no Brasil, quais os pontos que deverão ser observados no intuito de fomentar esse mercado ou essa modalidade de investimento e quais são os instrumentos necessários para elevar o número de investidores pessoa física para esse tipo de investimento. Por último, informo que esta dissertação não esgota as inúmeras possibilidades de análise sobre o tema proposto, no entanto, este trabalho espera contribuir de alguma forma, para aprofundar, ampliar o conhecimento e o debate para essa importante opção diferenciada de investimento que são os Fundos Imobiliários no Brasil.
Description: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, Departamento de Economia, 2013.
Licença:: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Appears in Collections:ECO - Mestrado Profissional em Economia (Dissertações)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/15165/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.