Skip navigation
Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unb.br/handle/10482/11838
Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2012_CarmenSilviadaSilvaSa.pdf2,64 MBAdobe PDFView/Open
Title: Currículo ativo e a constituição de identidades profissionais em um curso de licenciatura em química
Authors: Sá, Carmen Silvia da Silva
Orientador(es):: Santos, Wildson Luiz Pereira dos
Assunto:: Orientação profissional
Currículos
Professores - formação
Issue Date: 19-Dec-2012
Citation: SÁ, Carmen Silvia da Silva. Currículo ativo e a constituição de identidades profissionais em um curso de licenciatura em química. 2012. 302 f. Tese (Doutorado em Educação)—Universidade de Brasília, Brasília, 2012.
Abstract: Esta tese é o resultado de uma investigação realizada em um curso de Licenciatura em Química de uma universidade pública nordestina. O seu principal objetivo foi caracterizar os processos identitários em construção pelo currículo ativo desse curso interpretando as percepções de licenciandos, egressos e professores formadores. Adotou-se a denominação de currículo ativo como sendo o currículo em ação, que corresponde à prática social desenvolvida no curso que constitui a base da identidade profissional. Foi feita uma abordagem investigativa de cunho qualitativo utilizando-se a Análise Textual Discursiva para identificar categorias emergentes nos discursos dos atores, obtidos através de questionários e entrevistas. Partiu-se do pressuposto de que haveria uma contradição entre o perfil ou a forma identitária idealizada para os egressos constante do currículo instituído do curso e os processos de identificação que o currículo ativo procura construir, contradição essa resultante de diferentes concepções de ensino e de formação de professores de Química e de distintas relações de poder dos formadores. Como referenciais teóricos para o conceito de identidade(s) utilizaram-se autores dos estudos culturais como, Hall, Silva e Woodward, bem como Dubar e Amélia Lopes com suas abordagens sociológicas. Autores como Sacristán, Goodson, Silva, Ferraço, Moreira e Alice Lopes iluminaram a discussão sobre o currículo. Os dados construídos apontaram que nos documentos instituídos do curso já existem contradições entre o objetivo da formação e o perfil profissiográfico que se espera do egresso. Também apontaram que os licenciandos são sujeitados a dois tipos distintos de identidades pelo currículo ativo: em um polo estaria o químico/o pesquisador em Química/o professor universitário e, no outro, estaria o professor da Educação Básica/educador-pesquisador em Ensino de Química. Cada uma dessas identidades está relacionada com categorias que emergiram claramente dos discursos de licenciandos, egressos e formadores. São elas, respectivamente, o “desvio bacharelizante da formação” e o “estímulo do campo pedagógico”. Mais duas categorias emergiram e apontaram para influências sobre a constituição/aperfeiçoamento de identidades dos licenciandos: a “dicotomia discurso-ação do formador” e a “desvalorização socioeconômica do professor”. Embora essa última se refira a um fator exógeno ao currículo ativo do curso, percebeu-se que ele atua muito fortemente, pois se relaciona com as condições conjunturais e estruturais da Educação brasileira, as quais necessitam mudar a partir de políticas públicas de formação de professores de efetiva valorização do magistério. Concluiu-se que há uma contradição parcial no currículo ativo do curso, pois parte dos formadores trabalham sujeitando os licenciandos a uma carreira bacharelizante, enquanto outra parte busca estimulá-los à carreira docente no ensino básico, por isso apontou-se para ações que busquem modificar essa realidade de modo a que as características do curso sejam alteradas e nele se formem profissionais com identidades coerentes com os objetivos previstos a um curso de licenciatura. _______________________________________________________________________________________ ABSTRACT
This thesis is the result of an investigation taking into consideration a Chemistry Teacher Training Degree at a public Northeastern University in Brazil. Its main goal was to characterize the identity processes that are under construction by the active curriculum of this course, interpreting the perceptions of the students, graduates and professors. The denomination active curriculum was adopted as a “curriculum in movement/action”, which corresponds to the social practice developed in the course that is the basis of professional identity. The research approach was qualitative and adopted Textual Discourse Analysis to identify emerging categories in the social actors’ speech, which were obtained through questionnaires and interviews. The premise was the assumption that there might be a contradiction between the profile or the identity form idealized for graduates from the course curriculum setup and the identification processes that active curriculum seeks to build. This contradiction would be the result of different conceptions of teaching and teacher training in Chemistry and also different power relations of the professors. The theoretical framework for the concept of identity/identities includes Cultural Studies scholars, such as Hall, Silva and Woodward; as well as Dubar and Amélia Lopes with their sociological approaches. Authors such as Sacristán, Goodson, Silva, Ferraço, Moreira and Alice Lopes enlightened the discussion on curriculum. The data pointed out that in the establishment documents of the course there are already contradictions between the goal of the teacher training degree and the professional profile expected of graduates. It also pointed out that the teachers-in-training are subjected to two distinct types of identities by the active curriculum: on one side, it would be the chemist/chemistry researcher/chemistry professor; on the other side, it would be the basic education chemistry teacher/chemistry education professor. Each one of these identities is related to categories that emerged early from the discourses of students/teachers-in-training, graduates and professors. The first two categories are, respectively, the “deflection from technical training” and the “stimulation of pedagogical field.” In addition, another two categories emerged and pointed out to influences on the construction/updating of students’ identities: the “speech-action dichotomy of professors” and “devaluation of teachers’ socio- economic status.” Although the latter refers to an exogenous factor to the active curriculum of the course, it was realized that it acts very strongly, since it is related to cyclical and structural conditions of Brazilian education. This situation requires changes in public policies for teacher training in order to effective increase the social value of teaching. In conclusion, there is a partial contradiction in the course´s active curriculum. That happens because some professors work subjecting the teachers-in-training to a Bachelors career, while others seek to encourage them to a teaching career in basic education. Therefore, actions were pointed out that seek to change this reality so that the characteristics of the course can be changed, and it will form professionals with identities which are consistent with the objectives set out for a Teacher Training Degree.
Description: Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2012.
Appears in Collections:FE - Doutorado em Educação (Teses)

Show full item record Recommend this item " class="statisticsLink btn btn-primary" href="/handle/10482/11838/statistics">



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.