Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.unb.br/handle/10482/20516
Título: Adaptação do C-BARQ para o Brasil
Autor(es): Bethlem, Sofia
Orientador(es): Günther, Isolda de Araújo
Assunto: Animais - comportamento
Interação
Canine Behavioral Assessment & Research Questionnaire (C-BARQ)
Brasil
Data de publicação: 26-Mai-2016
Data de defesa: 2-Mar-2016
Citação: BETHLEM, Sofia. Adaptação do C-BARQ para o Brasil. 2016. xiv, 69 f., il. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações)—Universidade de Brasília, Brasília, 2016.
Resumo: O instrumento Canine Behavioral Assessment & Research Questionnaire (C-BARQ) já foi aplicado nos Estados Unidos (Hsu & Serpell, 2003), Japão (Nagasawa et al., 2011) e Irã (Tamimi et al., 2015) para avaliar comportamento canino. O presente estudo realizou uma adaptação desse instrumento para o Brasil. Foram obtidas 2.217 respostas sobre o comportamento de cães de todo o país. A análise fatorial extraiu 14 fatores que explicam 38,061% da variância encontrada. Tais fatores eram relacionados à agressividade (direcionada a pessoas desconhecidas; direcionada a cães desconhecidos; direcionada a outro cão da casa; por proteção); ao medo (direcionado a pessoas desconhecidas; direcionado a cães desconhecidos; relacionado a situações desagradáveis); à interação com o dono (comportamento relacionados à separação; apego e busca por atenção; treinabilidade); à movimentação (atividade e energia; agitação relacionada a algum evento); à natureza biológica (necessidades fisiológicas quando deixado sozinho; comportamento direcionado a animais não humanos e não caninos). Comparando esses fatores com os extraídos nos estudos realizados nos Estados Unidos, Japão ou Irã obtiveram-se três fatores diferentes, quatro equivalentes e sete fatores com nomenclatura semelhante. A nomenclatura desses fatores sofre influência da interpretação dos itens, que afeta a percepção humana sobre esses comportamentos e interfere na forma com que estes animais são tratados, resultando em consequências ao bem-estar animal; tornando-se necessário investigar objetivamente quais emoções caninas estão associadas a tais comportamentos. Ressalta-se também a necessidade de se investigar o comportamento dos cães sem raça definida, que representam 26,4% da amostra deste estudo, a fim de facilitar a adoção de animais abandonados. _________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT
Canine Behavioral Assessment & Research Questionnaire (C-BARQ) has already been applied on researches in United States (Hsu & Serpell, 2003), Japan (Nagasawa et al., 2011) and Iran (Tamimi, Jamshidi, Serpell, & Mousavi, 2015) to assess dog’s behaviour. This study aims at adapting this instrument to Brazilian reality. A total of 2217 answers have been collected from all the country. Factorial analysis extracted 14 factors related to canine behavior that explain 38,061% of variance. These factors were related to aggression (toward unknown people; toward unknown dogs, to other dogs in the house and for protection); fear (toward unknown people; toward unknown dogs; related to unpleasant events); the interaction with the owner (separation related behavior; attachment and attention seeking, trainability); mobility (activity & energy; excitement related to some event); and aspects of biological nature (physiological needs when left alone, behavior directed to non-dogs and non-humans animals). Comparing this factors with the ones used in the United States, Japan or Iran, three different factors, four equivalent factors and seven similar factors were found. As the names of the factors have influence over the interpretation of the items and this may affect the human perception of those behaviors, it is necessary to investigate objectively which emotions are associated to these behaviors, that interferes in the way these animals are treated, having consequences on their welfare. It’s important to study the behavior of dogs without breed, that represent 26.4 % of the sample of this study, to probably enhance abandoned dogs adoption.
Descrição: Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Departamento de Psicologia Social e do Trabalho, Programa de Pós Graduação em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações, 2016.
Licença: A concessão da licença deste item refere-se ao termo de autorização impresso assinado pelo autor com as seguintes condições: Na qualidade de titular dos direitos de autor da publicação, autorizo a Universidade de Brasília e o IBICT a disponibilizar por meio dos sites www.bce.unb.br, www.ibict.br, http://hercules.vtls.com/cgi-bin/ndltd/chameleon?lng=pt&skin=ndltd sem ressarcimento dos direitos autorais, de acordo com a Lei nº 9610/98, o texto integral da obra disponibilizada, conforme permissões assinaladas, para fins de leitura, impressão e/ou download, a título de divulgação da produção científica brasileira, a partir desta data.
Aparece nas coleções:PSTO - Mestrado em Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações (Dissertações)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2016_SofiaBethlem.pdf2,17 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.